26 de Janeiro: Dia Internacional Da Energia Limpa.

Celebra-se hoje, 26 de Janeiro, o primeiro Dia Internacional da Energia Limpa. Uma data importante que visa sensibilizar e incentivar ação para uma transição justa e inclusiva para fontes de energia limpa que beneficiem a todos.

Adotar energia limpa é fundamental na luta contra as alterações climáticas. Há décadas, a ciência mostra que para limitar as mudanças climáticas, precisamos acabar com a nossa dependência dos combustíveis fósseis e investir em fontes alternativas de energia que sejam limpas, sustentáveis, acessíveis e confiáveis.

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

“É minha firme convicção que a eliminação progressiva dos combustíveis fósseis não é apenas necessária; é inevitável”.

“Mas precisamos que os governos ajam para acelerar a transição, com os maiores emissores a liderar o caminho” – António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas.

A resolução foi adoptada durante a Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), que proclamou o dia 26 de Janeiro como o Dia Internacional da Energia Limpa, coincidentemente no Dia de Aniversário da Fundação da Agência Internacional para as Energias Renováveis (IRENA) em 2009.

 

Energia Limpa para Todos

Imagem © DR (20240126) 26 de Janeiro Dia Internacional Da Energia Limpa

Actualmente, mais de 2,3 biliões de pessoas são obrigadas a cozinhar com combustíveis prejudiciais ao meio ambiente. A energia limpa tem o poder de transformar a vida dessas comunidades que atualmente carecem de acesso a fontes de energia confiáveis.

Existe uma forte ligação entre energia limpa, desenvolvimento socioeconómico e sustentabilidade ambiental e, essa ligação, deve ser totalmente aproveitada para enfrentar os problemas enfrentados por comunidades vulneráveis em todo o mundo.

Para as populações sem acesso a energia limpa, a falta de energia confiável limita as oportunidades económicas, prejudica a educação, a prestação de cuidados de saúde de qualidade, entre outros. Complicando os desafios, muitas dessas comunidades ainda dependem fortemente de combustíveis fósseis poluentes, na sua vida diária, perpetuando a pobreza.

Por exemplo, o acesso à educação é crucial para reduzir a pobreza. No entanto, se uma comunidade não consegue aceder a serviços de energia suficientes para as suas necessidades diárias, como iluminação, aquecimento, refrigeração, cozinhar e acesso a tecnologias de informação e comunicação, a aprendizagem torna-se um sonho impossível para milhões de pessoas.

 

O Dia Internacional da Energia Limpa

A energia está no centro de um duplo desafio: não deixar ninguém para trás e proteger o Planeta. E a energia limpa é crucial para a sua solução, a adoção de energia limpa é parte integrante da luta contra as mudanças climáticas.

Em um mundo que enfrenta as mudanças climáticas, a energia limpa desempenha um papel vital na redução das emissões de gases de estufa e pode beneficiar as comunidades que não têm acesso a fontes de energia seguras. Ainda hoje, 675 milhões de pessoas vivem na escuridão, 4 em cada 5, estão na África Subsaariana.

Ao criar um dia sobre a energia limpa, a ONU destaca a importância da inclusão e oferece um dia dedicado a actores tradicionais e não tradicionais para mostrar suas contribuições para sistemas de energia modernos mais acessíveis, confiáveis e sustentáveis que, em última análise, ajudam a acelerar o progresso em direção à Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

 

O Caminho Correcto

As adições globais de energia limpa continuam a crescer, com a capacidade acumulada prevista para ultrapassar 4.500 GW até o final deste ano, equivalente à capacidade total de energia da China e dos Estados Unidos combinados. Até 2027, espera-se que a capacidade instalada de energia solar fotovoltaica ultrapasse a do carvão, tornando-se a maior do mundo.

No entanto, os países do G20 respondem por quase 90% da capacidade global de energia limpa hoje. Mais precisa ser feito para acelerar a energia limpa em outros países, incluindo muitas economias emergentes e em desenvolvimento que lidam com problemas de acesso à energia.

Os países na África Subsaariana, Sul e Sudeste Asiático, assim como aqueles categorizados como Países Menos Desenvolvidos (PMDs), Países em Desenvolvimento Sem Litoral (PDLS) e Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEIDs), devem implementar muito mais energia limpa.

Mas, para que isso aconteça, é necessário um aumento significativo nos financiamentos públicos e privados, sendo um bom ponto de partida a redistribuição dos subsídios aos combustíveis fósseis.

 

O Que São Energias Limpas?

Imagem © 2024 Francisco Lopes-Santos (20240126) 26 de Janeiro Dia Internacional Da Energia LimpaEnergias limpas são fontes de energia que têm um impacto mínimo ou nulo no meio ambiente, contribuindo para a redução das emissões de gases de efeito de estufa e que promovem a sustentabilidade. Estas fontes de energia são consideradas “limpas” porque não libertam grandes quantidades de poluentes atmosféricos ou gases de efeito estufa durante a sua produção ou utilização.

As energias limpas, mas utilizadas são:

  1. Energia Solar: Utiliza a luz do sol para gerar eletricidade por meio de painéis solares fotovoltaicos. É uma fonte abundante e renovável, proporcionando uma forma limpa e sustentável de produção de energia.
  2. Energia Eólica: Gerada pelo movimento do vento, a energia eólica é capturada por turbinas eólicas para produzir eletricidade. É uma fonte eficiente e renovável, contribuindo para a diversificação da matriz energética.
  3. Energia Hidroeléctrica: Obtida a partir do movimento da água em rios ou quedas d’água, a energia hidroeléctrica é uma das fontes mais antigas e comuns de geração de eletricidade. Apesar da sua eficácia, pode ter impactos ambientais significativos na fauna e na flora aquáticas.
  4. Energia Geotérmica: Aproveita o calor proveniente do interior da Terra para gerar eletricidade ou aquecimento directo. É uma fonte constante e renovável, embora a sua aplicação seja limitada a regiões geotermais activas.
  5. Energia Biomassa: Derivada de materiais orgânicos, como resíduos agrícolas, madeira e resíduos sólidos urbanos. A biomassa é uma fonte renovável, embora sua queima possa liberar emissões, sendo necessário um manejo sustentável.
  6. Energia das Ondas e das Marés: Explora o movimento das ondas e das marés para gerar eletricidade. Embora ainda esteja em fase de desenvolvimento, possui um grande potencial para contribuir com energia limpa e sustentável.
  7. Hidrogénio Verde: Produzido por meio do eletrólise da água usando eletricidade renovável, geralmente proveniente de fontes como a solar ou eólica. O hidrogénio verde é uma forma promissora de armazenar e transportar energia limpa, sendo versátil em diversas aplicações industriais e de transporte.
  8. Energia Nuclear: Utiliza a fissão nuclear para gerar calor e, subsequentemente, eletricidade. Apesar de não libertar gases de estufa durante a operação, a gestão de resíduos nucleares e preocupações com a segurança representam desafios significativos.

Investir e promover o uso dessas fontes de energia limpas é essencial para mitigar os impactos ambientais das atividades humanas e avançar em direção a um futuro mais sustentável e equitativo.

 

Sabias Que…

O carvão, o petróleo e o gás (combustíveis fósseis) são responsáveis por quase 90% das emissões globais de dióxido de carbono?

Os cientistas apontam a necessidade de reduzir as emissões de gazes de estufa para metade dos valores actuais até 2030 e atingir o zero líquido até 2050 para evitar os piores impactos das mudanças climáticas.

Os combustíveis fósseis ainda dominam a produção global de energia, mas fontes renováveis de energia, como a eólica, a solar, a hidroelétrica e a geotérmica, já abastecem cerca de 29% da eletricidade em todo o mundo.

 

UN-Energy

O objectivo da UN-Energy é apoiar os países na realização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 7, melhorando a coordenação e colaboração entre mais de trinta entidades e parceiros do sistema da ONU que trabalham em vários aspectos da energia.

Apoia mais de 200 Compromissos Energéticos, nos quais governos, empresas e organizações da sociedade civil se comprometeram com mais de $1,3 trilião em financiamento e investimento para energias sustentáveis até 2030.

 

Por que assinalamos os Dias Internacionais?

Os dias e semanas internacionais são ocasiões para educar o público sobre questões de preocupação, mobilizar a vontade política e recursos para enfrentar problemas globais e celebrar e reforçar as conquistas da humanidade. A existência de dias internacionais antecede a criação das Nações Unidas, mas a ONU adotou-os como uma poderosa ferramenta de defesa.

 

Conclusão

O Dia Internacional da Energia Limpa destaca a urgência de acelerar a transição para fontes de energia sustentáveis. Além de ser crucial na luta contra as mudanças climáticas, a energia limpa emerge como um catalisador para o desenvolvimento global, promovendo educação, saúde e oportunidades económicas.

A celebração desta data reconhece não só a importância da inclusão, mas também aponta o caminho para acções concretas. À medida que procuramos criar um mundo mais sustentável, é imperativo que os governos, as empresas e a sociedade civil intensifiquem os seus esforços na expansão global da energia limpa, assegurando um futuro mais brilhante e sustentável para todos.

 

O que achas deste novo Dia Internacional da Energia Limpa? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

24 De Janeiro: Dia Internacional Da Educação

25 De Novembro: Violência Contra As Mulheres, Não

20 De Novembro: Dia Da Industrialização Africana

Dia Internacional Pela Erradicação Da Pobreza

14 De Outubro: Dia Mundial Das Aves Migratórias

Hoje, É O Dia Internacional Das Línguas Gestuais

21 De Setembro É O Dia Internacional Da Paz

Dia Internacional da Democracia, 15 de Setembro

8 De Setembro: Dia Internacional Da Alfabetização

31 De Agosto É O Dia Dos Afrodescendentes

29 de Agosto: Dia Internacional contra os Testes Nucleares

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição

20 De Julho É O Dia Mundial Do Xadrez

Dia Internacional Nelson Mandela: Honrar As Ideias De Um Grande Líder

O Dia Internacional Da Ioga É No Solstício

Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca

1 de Junho. Dia das Crianças do Leite e dos Pais

25 de Maio não é Dia de África é Dia do Mundo

22 de Maio: Dia Internacional da Diversidade Biológica

17 de Maio: Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, mas não só

O Dia Internacional da Luz e a celebração da vida

3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

30 de Abril é o Dia Internacional do Jazz

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

24 de Abril: Dia Internacional do Multilateralismo e da Diplomacia pela Paz

1 de Abril o Dia das Mentiras morreu?

27 de Março é o dia Mundial do Teatro

23 de Março: Dia da Libertação da África Austral

O clima extremo do Dia Mundial da Meteorologia

Dia Mundial da Água celebra-se a 22 de Março

21 de Março: O dia do ano com mais efemérides

20 de Março é o Dia Internacional da Felicidade

19 de Março é Dia do Pai e Dia Mundial do Artesão

A verdadeira história do dia 8 de Março

14 de Fevereiro, não é só o Dia dos Namorados

14 de Fevereiro. Dia dos Namorados. Porquê?

13 de Fevereiro é o Dia Mundial do rádio

11 de Fevereiro é o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência

O Dia de África já tem 50 anos

 

Imagem: © Raphael Pouget / UNICEF
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!