31 De Agosto É O Dia Dos Afrodescendentes.

No dia 31 de Agosto de cada ano, o mundo une-se para celebrar o Dia Internacional das Pessoas de Descendência Africana. Esta data não só presta homenagem às contribuições significativas das pessoas de origem africana, como também visa eliminar todas as formas de discriminação racial.

Esta observância global está em consonância com acordos internacionais e regionais que têm como objetivo promover e proteger os direitos fundamentais de todas as pessoas de ascendência africana.

Em 2020, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou uma resolução que instituiu o Dia Internacional das Pessoas de Descendência Africana. A celebração anual desta data, a 31 de Agosto, está em sintonia com o consenso global e regional sobre a necessidade de promover e proteger os direitos humanos e as liberdades fundamentais das pessoas de ascendência africana.

Isso está alinhado com o que é preconizado na Declaração e Programa de Ação de Durban, na Década Internacional das Pessoas de Descendência Africana (2015-2024), no Plano da Década para Pessoas de Descendência Africana (2016-2025) e na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Reconhecer o Termo “Afrodescendente”

Imagem © DR (202308231) 31 De Agosto É O Dia Dos AfrodescendentesO termo “afrodescendente” foi reconhecido pelos Estados Membros e pelas Nações Unidas como um conceito legal e político adotado durante a Conferência Regional das Américas realizada no Chile em 2000.

Este reconhecimento ocorreu em preparação para a Terceira Conferência Mundial contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Relacionada, realizada em Durban, África do Sul, em 2001. Essa definição enfatiza a importância de reconhecer a herança e as perspectivas das pessoas de origem africana.

 

A Importância do dia 31 de Agosto

O Dia Internacional dos Afrodescendentes, assinalado em 31 de Agosto, é uma lembrança contundente da necessidade de enfrentar o racismo e promover a igualdade a nível mundial. Esta data, celebrada pela primeira vez em 2022, destaca as valiosas contribuições da diáspora africana e procura eliminar todas as formas de discriminação contra os afrodescendentes.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, realçou que milhões de pessoas de ascendência africana continuam a enfrentar racismo e discriminação profundamente enraizados e sistémicos e a criação do Fórum Permanente das Pessoas Afrodescendentes é um passo significativo para abordar essas questões.

Refletir sobre o passado, reconhecer o presente e agir para um futuro de igualdade e respeito é essencial. O 31 de Agosto, Dia Internacional das Pessoas de Descendência Africana lembra-nos que a luta contra o racismo é um percurso contínuo. Devemos permanecer vigilantes na promoção da igualdade e na condenação de todas as formas de discriminação racial.

Cada ação, cada diálogo e cada esforço para construir um mundo livre de racismo é um passo na direção certa. No dia 31 de Agosto, celebramos não apenas a cultura e as contribuições das pessoas de descendência africana, mas também reafirmamos o nosso compromisso de criar um mundo onde a diversidade seja valorizada, onde o racismo seja erradicado e onde todas as pessoas sejam tratadas com respeito.

Este dia 31 de Agosto, é uma ocasião para análise e compromisso renovados. Enquanto celebramos as conquistas e avanços, reconhecemos também que há muito por fazer. O racismo persistente exige uma abordagem coletiva e contínua, tanto a nível global como local. Somente através de esforços persistentes podemos criar um mundo onde a igualdade e a dignidade sejam garantidas para todos.

 

Eliminar o Racismo

Imagem © DR (202308231) 31 De Agosto É O Dia Dos AfrodescendentesEm resposta aos desafios enfrentados pelas pessoas de descendência africana, organizações como a PAHO, OAS e RIAFRO estão a trabalhar juntas para abordar a discriminação racial.

Isso não se limita apenas à análise de métricas, mas também incorpora uma abordagem baseada em direitos que reconhece as diferentes perspectivas das pessoas de origem africana. Essa colaboração é fundamental para promover a igualdade e a inclusão.

A desigualdade na saúde é outra questão urgente para as pessoas de descendência africana. Muitas delas enfrentam exclusão, racismo, xenofobia e outras formas de intolerância, o que pode aumentar a sua exposição a fatores de risco para doenças e resultar em acesso limitado a serviços de saúde de qualidade e piores resultados de saúde.

A pandemia de COVID-19 destacou essas disparidades e evidenciou a necessidade de ações efetivas para garantir equidade na saúde.

 

O 31 de Agosto Também Celebra a Diversidade

Imagem © UN.ORG (202308231) 31 De Agosto É O Dia Dos AfrodescendentesEste dia também celebra a riqueza e a diversidade da cultura africana e fortalece a luta contra o racismo.

Mais de 200 milhões de pessoas nas Américas identificam-se como descendentes de africanos. Essas comunidades, presentes não apenas nas Américas, mas em todo o mundo, têm contribuições inestimáveis para a sociedade.

Apesar de enfrentarem desafios históricos, as pessoas de descendência africana são portadoras de uma riqueza multicultural muito forte, enriquecendo todas as esferas da vida humana.

Nesta data, todas as pessoas de descendência africana, celebram as suas ricas culturas e as contribuições fundamentais dessas comunidades. Este dia reforça o compromisso de promover o respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais e combater todas as formas de discriminação.

 

A Importância de Mudar

Apesar dos progressos alcançados ao longo da última década, pessoas de descendência africana continuam a enfrentar discriminação e marginalização. O ano de 2020, devido à pandemia do COVID-19, trouxe à tona a urgência de abordar as desigualdades estruturais e o racismo sistêmico.

A falta de reconhecimento persiste como um obstáculo significativo para o pleno gozo dos direitos humanos pelas comunidades de afrodescendentes.

O assassinato de George Floyd, também em 2020, desencadeou uma onda global de protestos contra o racismo e a discriminação racial. Isso gerou discussões cruciais sobre a justiça racial em níveis internacionais e nacionais.

A adoção da resolução pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU em Junho de 2020 demonstra um compromisso renovado com a proteção dos direitos e liberdades das pessoas de descendência africana.

Por todo o mundo, pessoas de descendência africana estão à frente de ações coletivas para combater o racismo e as suas injustiças. O racismo prejudica a todos e é um obstáculo para o desenvolvimento sustentável. Para superar esse desafio, é necessário um esforço conjunto para mudar normas sociais discriminatórias, transformar instituições e investir em comunidades.

Apesar de muitas pessoas de descendência africana, serem ostracizadas, elas desempenham um papel vital na sociedade. Seja através de movimentos por justiça e direitos humanos, promovendo a inclusão ou impulsionando a inovação, essas comunidades têm feito contribuições inestimáveis. As suas realizações aconteceram apesar das adversidades históricas, como a escravidão e o colonialismo.

As mulheres e as raparigas de descendência africana, enfrentam desafios específicos que resultam da interseção do racismo e do sexismo. Isso leva a uma desigualdade acentuada, influenciando áreas como a saúde materna, a violência de género e a pobreza. É essencial reconhecer e enfrentar estes desafios para conseguirmos mudar e alcançar uma sociedade mais justa.

 

31 de Agosto: Reconhecimento e Igualdade

O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, instou os Estados a adotarem medidas concretas para enfrentar o racismo e a discriminação racial. Isso inclui a participação plena das pessoas de descendência africana e das suas comunidades, além do desmantelamento do racismo estrutural e institucional.

O Dia Internacional das Pessoas de Descendência Africana destaca a importância de reconhecer as contribuições e as lutas dessas comunidades. Além disso, reforça o compromisso de eliminar todas as formas de discriminação racial e promover igualdade.

Mais de 200 milhões de pessoas nas Américas e milhões em outras regiões do globo, identificam-se como afrodescendentes. As suas contribuições abrangem diversas áreas e são fundamentais para o progresso global. O compromisso de promover justiça, inclusão e direitos humanos é essencial para criar um mundo mais equitativo.

À medida que celebramos o dia 31 de Agosto, é crucial refletir sobre nosso papel na luta contra o racismo, reconhecendo a história, as contribuições e os desafios destas comunidades, comprometendo-nos a criar um futuro mais justo e inclusivo para todos, para que um dia “afrodescendente” seja apenas uma palavra.

 

A Importância Histórica do Underground Railroad

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

 

A história do “Underground Railroad (Caminho-de-Ferro Subterrâneo)” é frequentemente mal interpretada como um sistema ferroviário físico. Na verdade, é um poderoso símbolo da resistência afro-americana durante a era da escravidão nos Estados Unidos. Este intrincado sistema de ajuda mútua e fuga secreta desempenhou um papel crucial na procura pela liberdade e igualdade e deixou um legado de coragem e heroísmo que permanece até aos nosso dias.

O “Underground Railroad” foi um exemplo notável de solidariedade entre indivíduos de diversas origens. Todos tinham um objetivo comum: ajudar os escravos a escapar da opressão para a liberdade. Essa colaboração transcendia barreiras sociais e raciais, demonstrando a força coletiva na luta contra a injustiça.

Harriet Tubman foi uma figura proeminente nesse movimento. A sua coragem inabalável e dedicação à libertação dos escravos tornaram-na um ícone de heroísmo. Tubman arriscou a própria vida para liderar fugitivos em direção à liberdade. Isso destaca o profundo impacto de um indivíduo determinado na mudança de uma nação.

A história do “Underground Railroad” ressalva o reconhecimento das injustiças passadas como alicerce para um mundo mais equitativo. Compreender os desafios e sacrifícios dos que lutaram pela liberdade lembra-nos da importância contínua de combater o racismo e a discriminação.

Ao mergulharmos na narrativa do “Underground Railroad”, confrontamo-nos com uma verdade inegável: a educação é uma ferramenta poderosa para a mudança. Aprender sobre a tenacidade dos que procuravam a liberdade inspira-nos a questionar narrativas prejudiciais e a promover a igualdade, contribuindo para uma sociedade mais justa.

A história do “Underground Railroad” é uma lição atemporal de coragem, solidariedade e perseverança. Reconhecer as lições dessa época motiva-nos a rejeitar o racismo e a discriminação ainda presentes. O legado daqueles que arriscaram tudo pelo bem maior ecoa através das gerações, lembrando-nos do poder de enfrentar a adversidade por um mundo inclusivo e igualitário.

 

Conclusão

O Dia Internacional das Pessoas de Descendência Africana, celebrado todos os anos a 31 de Agosto, ressalta a urgência de combater o racismo e promover a igualdade. Celebrar as contribuições e a diversidade dos descendentes africanos é essencial para criar um mundo mais justo e inclusivo. Enfrentar os desafios atuais e passados requer um compromisso coletivo constante.

É importante trabalhamos todos juntos, para construir um futuro onde todas as pessoas, independentemente da sua origem, sejam valorizadas e respeitadas. Esta data é uma oportunidade para celebrar a diversidade, reconhecer contribuições e renovar o compromisso de combater o racismo.

Ao enfatizar a importância da igualdade e inclusão, unimo-nos na construção de um mundo onde todas as pessoas sejam valorizadas e respeitadas, independentemente das suas origens.

 

O que pensas deste dia 31 de Agosto sobre os Afrodescendentes? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

29 de Agosto: Dia Internacional contra os Testes Nucleares

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição

20 De Julho É O Dia Mundial Do Xadrez

Dia Internacional Nelson Mandela: Honrar As Ideias De Um Grande Líder

O Dia Internacional Da Ioga É No Solstício

Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca

1 de Junho. Dia das Crianças do Leite e dos Pais

25 de Maio não é Dia de África é Dia do Mundo

22 de Maio: Dia Internacional da Diversidade Biológica

17 de Maio: Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, mas não só

O Dia Internacional da Luz e a celebração da vida

3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

30 de Abril é o Dia Internacional do Jazz

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

24 de Abril: Dia Internacional do Multilateralismo e da Diplomacia pela Paz

1 de Abril o Dia das Mentiras morreu?

27 de Março é o dia Mundial do Teatro

23 de Março: Dia da Libertação da África Austral

O clima extremo do Dia Mundial da Meteorologia

Dia Mundial da Água celebra-se a 22 de Março

21 de Março: O dia do ano com mais efemérides

20 de Março é o Dia Internacional da Felicidade

19 de Março é Dia do Pai e Dia Mundial do Artesão

A verdadeira história do dia 8 de Março

14 de Fevereiro, não é só o Dia dos Namorados

14 de Fevereiro. Dia dos Namorados. Porquê?

13 de Fevereiro é o Dia Mundial do rádio

11 de Fevereiro é o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência

O Dia de África já tem 50 anos

Imagem: © 2023 Francisco Lopes-Santos 
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!