19.8 C
Londres
Sábado, Abril 13, 2024

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição

“Hoje, vamos recordar as vítimas e os lutadores pela liberdade do passado, para que possam inspirar as gerações futuras a construir sociedades justas" - Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO.

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição.

No dia 23 de Agosto, direcionamos a nossa atenção para um capítulo obscuro da história humana – A Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição. Este dia não apenas nos faz recordar as atrocidades do passado, mas também convoca-nos a enfrentar as formas modernas de exploração humana que continuam a afetar milhões de vidas em todo o mundo.

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

 

Relembrar a História

Imagem © DR (20230823) 23 Agosto Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua AboliçãoO dia 23 de Agosto tem um significado profundo e remonta há noite de 22 para 23 de agosto de 1791, em Saint Domingue, actualmente República do Haiti, onde se assistiu há revolta que que foi a primeira faísca que deu início à abolição do comércio transatlântico de escravos. O que começou como uma revolta local moldou o curso da história, apontando para o gradual fim da escravatura.

É neste contexto que o Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição, é comemorado a 23 de Agosto de cada ano. Foi celebrado pela primeira vez em vários países, especialmente no Haiti (23 de Agosto de 1998) e na Ilha de Gorée, no Senegal (23 de Agosto de 1999).

Este dia, 23 de Agosto, não é apenas uma observação histórica, mas é também uma maneira de manter viva a memória coletiva daqueles que sofreram sob o jugo da escravatura. É uma oportunidade para confrontar o passado e aprender com ele, garantindo que nunca esqueçamos as lições dolorosas que ele nos ensinou.

Este Dia Internacional destina-se a inscrever a tragédia do tráfico de escravos na memória de todos os povos e oferecer uma oportunidade de reflexão coletiva sobre as causas históricas, os métodos e as consequências desta tragédia, bem como para uma análise das interações que surgiram entre África, Europa, Américas e Caraíbas.

“Chegou a hora de abolir de uma vez por todas a exploração humana e reconhecer a dignidade igual e incondicional de cada indivíduo”.

“Hoje, vamos recordar as vítimas e os lutadores pela liberdade do passado, para que possam inspirar as gerações futuras a construir sociedades justas”.

Afirmou, Audrey Azoulay, Diretora-Geral da UNESCO.

 

Enfrentar a Escravatura Moderna

Imagem © DR (20230823) 23 Agosto Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua AboliçãoApesar de a escravatura transatlântica ter sido abolida, a escravatura moderna ainda é uma realidade. Milhões de pessoas são vítimas de tráfico humano, trabalho forçado e exploração em várias formas. Esta é uma chaga contemporânea que exige a nossa atenção e ação imediata.

A magnitude da escravatura moderna é alarmante. Mais de 40 milhões de pessoas em todo o mundo vivem como vítimas desse crime hediondo. Crianças, mulheres e homens são submetidos a servidão por dívida, exploração sexual, trabalho infantil e outras formas de exploração. É uma mancha na consciência global que não pode ser ignorada.

Não podemos fechar os olhos para o fato de que os países desenvolvidos muitas vezes lucram com a escravatura moderna. O lucro financeiro gerado por esta forma de exploração é inconcebível. É uma responsabilidade global enfrentar esta injustiça e pressionar por mudanças significativas.

A escravatura moderna é um dos negócios mais rentáveis do mundo, gerando mais de 150 biliões de dólares anualmente. Isto é o equivalente ao lucro das quatro empresas mais rentáveis do mundo. Esta procura implacável pelo lucro à custa da dignidade humana deve ser interrompida e, esta data, 23 de Agosto, serve para nos ajudar a lembrar disso e da importância de o combatermos.

 

Ação e Consciência

Imagem © DR (20230823) 23 Agosto Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua AboliçãoA escravatura moderna não é um problema isolado. É um sintoma de desigualdades profundas na nossa sociedade. Devemos combater as causas subjacentes que perpectuam esta exploração. É hora de exigir responsabilidade das empresas, governos e de todos nós como cidadãos globais.

Este é um apelo a todos – indivíduos, organizações e nações. Juntos, podemos ser uma força poderosa para a mudança. Cada ação, cada voz que se ergue contra a exploração, faz a diferença. Unidos, podemos construir um mundo onde a dignidade humana seja inegociável.

Devemos apontar para um horizonte onde a escravatura moderna seja coisa do passado. Cada passo em direção à igualdade é um passo na direção certa. Educação, consciência e ação coletiva são as nossas armas nesta luta por um mundo mais justo e humano.

Hoje, dia 23 de Agosto, é uma data que serve paro nos unirmos num grito coletivo pelo fim da escravatura moderna e para nos lembrar que devemos espalhar a responsabilidade e a consciência deste acto hediondo aumentemos a pressão sobre as “pessoas responsáveis” para que a exploração seja erradicada. Nunca se esqueçam, nós somos a voz da mudança e da justiça.

 

Conclusão

A data de 23 de Agosto, o Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição leva-nos a refletir sobre o passado e olhar para o futuro com determinação. Devemos lembrar as vítimas do passado e as lutas que levaram à sua libertação.

Ao mesmo tempo, devemos reconhecer que o nosso trabalho ainda não está completo. A exploração persiste, mas com nossa ação coletiva, podemos criar um mundo onde todos sejam livres e iguais. A escravatura, em todas as suas formas, deve ser extinta. Somos os construtores de um futuro mais humano e justo.

 

O que achas deste dia 23 de Agosto? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

20 De Julho É O Dia Mundial Do Xadrez

Dia Internacional Nelson Mandela: Honrar As Ideias De Um Grande Líder

O Dia Internacional Da Ioga É No Solstício

Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca

1 de Junho. Dia das Crianças do Leite e dos Pais

25 de Maio não é Dia de África é Dia do Mundo

22 de Maio: Dia Internacional da Diversidade Biológica

17 de Maio: Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, mas não só

O Dia Internacional da Luz e a celebração da vida

3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

30 de Abril é o Dia Internacional do Jazz

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

24 de Abril: Dia Internacional do Multilateralismo e da Diplomacia pela Paz

1 de Abril o Dia das Mentiras morreu?

27 de Março é o dia Mundial do Teatro

23 de Março: Dia da Libertação da África Austral

O clima extremo do Dia Mundial da Meteorologia

Dia Mundial da Água celebra-se a 22 de Março

21 de Março: O dia do ano com mais efemérides

20 de Março é o Dia Internacional da Felicidade

19 de Março é Dia do Pai e Dia Mundial do Artesão

A verdadeira história do dia 8 de Março

14 de Fevereiro, não é só o Dia dos Namorados

14 de Fevereiro. Dia dos Namorados. Porquê?

13 de Fevereiro é o Dia Mundial do rádio

11 de Fevereiro é o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência

O Dia de África já tem 50 anos

Imagem: © 2023 Francisco Lopes-Santos 
Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!