24 De Janeiro: Dia Internacional Da Educação.

O Dia Internacional da Educação, comemora-se anualmente a 24 de Janeiro e celebra o papel fundamental da educação na paz e no desenvolvimento. A educação é um direito humano, um bem público e uma responsabilidade pública.

A Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) proclamou 24 de Janeiro como o Dia Internacional da Educação, celebrando o papel da educação na paz e no desenvolvimento e foi criado através da Resolução 73/25 da, a 3 de Dezembro de 2018.

O direito à educação é consagrado no artigo 26º da Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948), exigindo educação primária gratuita e compulsória. A Convenção sobre os Direitos da Criança, de 1989, vai mais longe, estipulando que os países devem tornar o ensino superior acessível a todos.

Num mundo onde 250 milhões de crianças e adolescentes estão fora da escola e 763 milhões de adultos são analfabetos, a educação emerge como um processo transformador, tornando-se a chave para enfrentar desafios globais como mudanças climáticas, desigualdades persistentes e violência.

 

Educar para a Paz

O objetivo deste dia é sensibilizar a sociedade civil para que se cumpra o direito à educação, procurando sublinhar o papel da educação enquanto meio para quebrar ciclos de pobreza e para o desenvolvimento social, pois não podemos esquecer que a educação é um direito humano, um bem público e uma responsabilidade pública.

A necessidade urgente de um compromisso ativo pela paz nunca foi tão evidente. A educação é central nesse esforço. Quando moldada e implementada de maneira eficaz, a educação torna-se um investimento de longo prazo com retornos crescentes.

 

Desenvolvimento Sustentável

Imagem © UNICEF - Francisco Lopes-Santos (20240124) 24 De Janeiro Dia Internacional Da Educação 2Com a adoção da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável em Setembro de 2015, a comunidade internacional reconheceu que a educação é essencial para o sucesso de todos os seus 17 objetivos. O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável n.º 4 visa “assegurar educação inclusiva e equitativa de qualidade e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos” até 2030.

Apesar de oferecer uma saída da pobreza e um caminho para um futuro promissor, aproximadamente 244 milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo estão fora da escola. O direito à educação está a ser violado para 4 milhões de crianças e jovens refugiados que estão fora da escola.

Sem uma educação inclusiva e equitativa de qualidade e oportunidades ao longo da vida para todos, os países não terão sucesso em alcançar a igualdade de género e quebrar o ciclo de pobreza que deixa milhões de crianças, jovens e adultos para trás.

 

O Tema de 2024

Em 2024, o tema é «Aprender para uma paz duradoura». Neste momento, em que o mundo assiste a uma onda de conflitos violentos, paralelamente a um aumento da discriminação, do racismo, da xenofobia e do discurso de ódio. O impacto desta violência transcende qualquer fronteira baseada na geografia, género, raça, religião e política.

A Cúpula para Transformar a Educação foi convocada em resposta a uma crise global na educação, uma crise de equidade e inclusão, qualidade e relevância. Apesar dos desafios, a educação possui um potencial transformador incomparável para moldar futuros equitativos e sustentáveis.

 

O Futuro da Educação

Imagem © UNESCO (20240124) 24 De Janeiro Dia Internacional Da Educação 3Um compromisso ac​tivo com a paz é hoje mais urgente do que nunca: a educação é fundamental para este esforço, como sublinha a Recomendação da UNESCO sobre Educação para a Paz, os Direitos Humanos e o Desenvolvimento Sustentável.

Aprender para a paz deve ser transformador e ajudar a capacitar os alunos com os conhecimentos, valores, atitudes, competências e comportamentos necessários para se tornarem agentes da paz nas suas comunidades.

Tendências sociológicas, ecológicas e novas tecnológicas estão a remodelar os sistemas educacionais, exigindo adaptação. Apesar dos desafios, a educação possui um potencial transformador incomparável para moldar futuros equitativos e sustentáveis.

A UNESCO lidera a geração de ideias, estimula o discurso público e catalisa pesquisa e ação para revitalizar a educação. Esse esforço procura construir um novo contrato social para a educação, fundamentado em princípios de direitos humanos, justiça social, dignidade humana e diversidade cultural.

 

Por que Celebramos Dias Internacionais?

Dias e semanas internacionais são ocasiões para educar o público sobre questões de preocupação, mobilizar vontade política e recursos para enfrentar problemas globais e celebrar e reforçar as conquistas da humanidade. A existência destes dias internacionais antecede o estabelecimento das Nações Unidas, mas a ONU abraçou-os como uma ferramenta poderosa de defesa.

 

Conclusão

O Dia Internacional da Educação é mais do que uma celebração; é um apelo à ação para garantir que a educação seja acessível a todos. Apesar de o devermos fazer sempre, neste dia em particular, devemos comprometer-nos ativamente a promover a paz e o desenvolvimento duradouro por meio da aprendizagem.

Ao enfrentarmos os desafios educacionais, construímos um futuro mais brilhante e equitativo para as gerações vindouras. ´preciso abraçarmos a educação como um direito universal, uma ferramenta para o progresso e a base para um mundo mais pacífico e justo.

 

Ver Também:

25 De Novembro: Violência Contra As Mulheres, Não

20 De Novembro: Dia Da Industrialização Africana

Dia Internacional Pela Erradicação Da Pobreza

14 De Outubro: Dia Mundial Das Aves Migratórias

Hoje, É O Dia Internacional Das Línguas Gestuais

21 De Setembro É O Dia Internacional Da Paz

Dia Internacional da Democracia, 15 de Setembro

8 De Setembro: Dia Internacional Da Alfabetização

31 De Agosto É O Dia Dos Afrodescendentes

29 de Agosto: Dia Internacional contra os Testes Nucleares

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição

20 De Julho É O Dia Mundial Do Xadrez

Dia Internacional Nelson Mandela: Honrar As Ideias De Um Grande Líder

O Dia Internacional Da Ioga É No Solstício

Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca

1 de Junho. Dia das Crianças do Leite e dos Pais

25 de Maio não é Dia de África é Dia do Mundo

22 de Maio: Dia Internacional da Diversidade Biológica

17 de Maio: Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, mas não só

O Dia Internacional da Luz e a celebração da vida

3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

30 de Abril é o Dia Internacional do Jazz

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

24 de Abril: Dia Internacional do Multilateralismo e da Diplomacia pela Paz

1 de Abril o Dia das Mentiras morreu?

27 de Março é o dia Mundial do Teatro

23 de Março: Dia da Libertação da África Austral

O clima extremo do Dia Mundial da Meteorologia

Dia Mundial da Água celebra-se a 22 de Março

21 de Março: O dia do ano com mais efemérides

20 de Março é o Dia Internacional da Felicidade

19 de Março é Dia do Pai e Dia Mundial do Artesão

A verdadeira história do dia 8 de Março

14 de Fevereiro, não é só o Dia dos Namorados

14 de Fevereiro. Dia dos Namorados. Porquê?

13 de Fevereiro é o Dia Mundial do rádio

11 de Fevereiro é o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência

O Dia de África já tem 50 anos

 

Imagem: © UNESCO / Emily Pinna
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!