15.3 C
Londres
Sexta-feira, Junho 21, 2024

5 de Junho: Dia Mundial do Ambiente

"A Nossa Terra. O Nosso Futuro. Nós somos #GeraçãoRecuperação"

5 de Junho: Dia Mundial do Ambiente


O Dia Mundial do Ambiente é celebrado anualmente a 5 de Junho e a sua origem remonta à conferência sobre questões ambientais que, sob a égide da Organização das Nações Unidas, teve lugar em Estocolmo no já longínquo ano de 1972.

A Assembleia Geral da ONU, de 15 de Dezembro de 1972, adotou a Resolução 2994, designando assim o dia 5 de Junho como o Dia Mundial do Ambiente. Este dia é o principal veículo das Nações Unidas para incentivar a consciência mundial e a acção para o meio ambiente.

As comemorações deste Dia Mundial do Ambiente, são uma oportunidade para que todos percebam a responsabilidade que têm em cuidar do planeta e tornar-se agentes da mudança.

Apesar das decisões individuais parecerem pequenas face às ameaças e tendências mundiais, quando biliões de pessoas juntam forças com um objetivo comum, podemos fazer uma diferença tremenda.” – Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Este ano, o anfitrião da comemoração é o Reino da Arábia Saudita e o tema escolhido é “A Nossa Terra. O Nosso Futuro. Nós somos #GeraçãoRecuperação” e pretende chamar atenção para a restauração da terra, na interrupção da desertificação e no desenvolvimento da resistência à seca.

 

O Dia Mundial do Ambiente


Neste Dia Mundial do Meio Ambiente 2024, celebrado a 5 de Junho, a atenção volta-se para a restauração da terra, combate à desertificação e construção de resistência contra a seca. Este ano, sob o lema “A Nossa Terra. O Nosso Futuro. Nós somos #GeraçãoRecuperação”, a celebração destaca a urgência de proteger e revitalizar os ecossistemas essenciais para a sobrevivência da humanidade.

A Nossa Terra, O Nosso Futuro

Nós Somos a

#GeraçãoRecuperação

Através do site oficial do Dia Mundial do Meio Ambiente 2024, pode obter mais informações sobre ações a tomar, bem como materiais para promover o movimento nas redes sociais. Cada ação, por menor que seja, conta.

 

A Importância deste Dia


Esta comemoração é muito importante, pois enfrentamos, já atualmente, crises como as alterações climáticas, a destruição da natureza e a perda de biodiversidade e, não menos importante, a poluição e o problema dos resíduos. Neste âmbito, o restauro da natureza é fundamental, como forma de permitir aumentar os meios de subsistência, reduzir a pobreza e aumentar a resiliência a condições climáticas extremas.

Além disso, o restauro da natureza também promove o aumento do armazenamento de carbono e retarda as alterações climáticas. Sabe-se que as ações de restauro da natureza de pelo menos 15% da terra têm a capacidade de evitar até 60% das extinções de espécies ameaçadas.

No ano passado, grande parte do mundo sentiu os impactes, não só do calor, mas também das tempestades, inundações e seca. O restauro da natureza é, pois, fundamental no que diz respeito à Década das Nações Unidas para o restauro dos ecossistemas 2021-2030, que se constitui como um apelo para a proteção e a revitalização de ecossistemas em todo o mundo, fundamentais para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O ano de 2024 marca o 30.º aniversário da Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação. Apesar dos desafios, ainda há esperança! Os países podem restaurar milhares de milhão de hectares

 

A Crise da Degradação do Solo


Segundo a Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD), até 40% das terras do planeta estão degradadas, afetando diretamente metade da população mundial. Desde 2000, o número e a duração das secas aumentaram em 29%. Sem ações urgentes, estas poderão afetar mais de três quartos da população mundial até 2050.

A restauração das terras é um dos pilares fundamentais da Década das Nações Unidas para a Restauração dos Ecossistemas (2021-2030), um apelo global para a proteção e revitalização dos ecossistemas, crucial para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Em 2024, celebra-se o 30º aniversário da UNCCD, com a décima sexta sessão da Conferência das Partes (COP 16) em Riade, Arábia Saudita, de 2 a 13 de Dezembro.

Este dia é a maior plataforma global de sensibilização ambiental. As comemorações deste ano de 2024 e a conferência das partes da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação, será acolhido pela Arábia Saudita, destacando a necessidade urgente de ações climáticas para manter o aquecimento global abaixo de 1,5°C até o final do século.

O Dia Mundial do Meio Ambiente, visa impulsionar a ação global na direção do cumprimento das metas de restauro de grandes porções da Terra. Sem ações imediatas, a exposição à poluição do ar e a quantidade de resíduos plásticos nos ecossistemas aquáticos aumentarão drasticamente.

O objectivo é o de ​​desacelerar as alterações climáticas, proteger a natureza e aumentar os meios de subsistência e a segurança alimentar de milhares de milhão de pessoas em todo o mundo. Todos nós podemos fazer parte desta campanha e contribuir para a recuperação do solo para as gerações presentes e futuras:
  • registe-se e envolva-se em atividades, eventos ou acções (até Junho)
  • destaque a sua actividade no mapa de atividades do Dia Mundial do Ambiente
  • envolva-se nos trabalhos de recuperação do solo, utilizando o guia prático do PNUA
  • use os materiais de comunicação da campanha e partilhe-os com os seus amigos, colegas, família, para destacar, através das suas redes sociais, soluções e melhores práticas.

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

 

 

Década da ONU para o Restauro dos Ecossistemas (2021-2030)


A Década (2021-2030) para a Restauração dos Ecossistemas foi proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Esta iniciativa tem como objetivo, a protecção e revitalização dos ecossistemas em todo o mundo, para o benefício das pessoas e da natureza.

“Só com ecossistemas saudáveis ​​podemos melhorar a subsistência das pessoas, neutralizar as mudanças climáticas e impedir o colapso da biodiversidade.”

A Década 2021 a 2030 é também o prazo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a linha do tempo que os cientistas identificaram como a última chance de prevenir mudanças climáticas catastróficas.

Liderada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a Década da ONU está a construir um movimento global para acelerar a restauração do ecossistemas. Isso incluirá a construção de um impulso político para a restauração, bem como várias de iniciativas locais.

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

 

 

O Momento da Verdade para a Ação Climática


Enquanto os recordes climáticos são quebrados e as emissões continuam a subir, o Secretário-Geral da ONU irá destacar a gravidade da situação climática, os riscos enfrentados e as ações necessárias das empresas e países, especialmente do G7 e do G20, nos próximos dezoito meses para garantir um futuro habitável para a humanidade.

 

Curiosidades e Impactos


  • Sabia que, a cada cinco segundos, a quantidade de solo equivalente a um campo de futebol é erodida? Contudo, são necessários 1.000 anos para gerar 3 centímetros de solo superficial.
  • Árvores em áreas urbanas podem arrefecer o ar até 5°C, reduzindo a necessidade de ar condicionado em 25%.
  • Lagos, rios e zonas húmidas armazenam 20-30% do carbono global, apesar de ocuparem apenas 5-8% da superfície terrestre.

 

Um Guia Prático para Curar o Planeta


OA Década das Nações Unidas para a Restauração dos Ecossistemas foca-se em oito tipos principais de ecossistemas que foram gravemente degradados. Cada um pode ser restaurado através da redução das pressões que enfrentam e com ações práticas para acelerar a sua recuperação.

Consulte o relatório científico principal e o Playbook de Restauração de Ecossistemas para conhecer os desafios e oportunidades para cada ecossistema.

 

As Mudanças Climáticas


A terra desempenha um papel crucial no sistema climático como um sumidouro de carbono essencial, com florestas e outras superfícies regulando a temperatura do planeta e ajudando a armazenar carbono.

No entanto, a terra está sob crescente pressão devido ao desmatamento, urbanização, desenvolvimento industrial, expansão agrícola e práticas agrícolas insustentáveis. A boa notícia é que existem formas de melhorar a degradação do solo, ajudando na luta contra as mudanças climáticas.

 

Conclusão


A importância do Dia Mundial do Meio Ambiente reside na oportunidade que oferece para chamar a atenção para questões ambientais críticas, como a mudança climática, a poluição, a perda de biodiversidade e o uso sustentável dos recursos naturais.

Através de campanhas educativas, eventos e atividades comunitárias, este dia incentiva indivíduos, comunidades, organizações e governos a refletirem sobre suas práticas e a adotarem medidas que contribuam para a conservação do planeta.

Além disso, o Dia Mundial do Meio Ambiente serve como um catalisador para políticas ambientais mais rigorosas e para a implementação de acordos internacionais voltados à proteção ambiental. É uma ocasião para fortalecer a colaboração global na busca por um desenvolvimento sustentável, garantindo que as futuras gerações possam desfrutar de um ambiente saudável e equilibrado.

Como tal, o Dia Mundial do Meio Ambiente é crucial para aumentar a consciência sobre o mundo que nos rodeia, estimular a ação colectiva e promover mudanças positivas em relação à maneira como interagimos com o nosso meio ambiente.

 

O que pensas deste Dia Mundial do Ambiente? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

30 de Abril é o Dia Internacional do Jazz

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa 2024

3 de Maio: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Mãe Há Só Uma, A Minha E Mais Nenhuma

O Dia Internacional da Luz e a celebração da vida

17 de Maio: Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, mas não só

19 de Maio: Dia Mundial do Médico de Família

21 De Maio: Dia Mundial Da Diversidade Cultural

22 de Maio: Dia Internacional da Diversidade Biológica

O Dia de África já tem 50 anos

25 de Maio não é Dia de África é Dia do Mundo

1 de Junho. Dia das Crianças do Leite e dos Pais

5 de Junho: Dia Mundial do Ambiente

Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca

Dia Internacional Nelson Mandela: Honrar As Ideias De Um Grande Líder

20 De Julho É O Dia Mundial Do Xadrez

O Dia Internacional Da Ioga É No Solstício

23 de Agosto: Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e da sua Abolição

29 de Agosto: Dia Internacional contra os Testes Nucleares

31 De Agosto É O Dia Dos Afrodescendentes

8 De Setembro: Dia Internacional Da Alfabetização

Dia Internacional da Democracia, 15 de Setembro

21 De Setembro É O Dia Internacional Da Paz

Hoje, É O Dia Internacional Das Línguas Gestuais

14 De Outubro: Dia Mundial Das Aves Migratórias

Dia Internacional Pela Erradicação Da Pobreza

20 De Novembro: Dia Da Industrialização Africana

25 De Novembro: Violência Contra As Mulheres, Não


Imagem: © 2020 Damian Patkowski / Unsplash
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

Francisco Lopes-Santoshttp://xesko.webs.com
Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.
Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com