CAN 2023: PR Da Guiné-Bissau Vai Ao 1º Jogo.

O Presidente guineense, Umaro Sisosco Embaló, viajou hoje para a Costa do Marfim para assistir no Sábado, ao jogo inaugural da 34.ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN 2023) entre a Guiné-Bissau e aquele país.

Em declarações aos jornalistas no aeroporto internacional Osvaldo Vieira de Bissau, Sissoco Embaló disse que vai assistir ao jogo a convite do seu homólogo costa-marfinense, Alassane Ouattara.

O Presidente guineense notou que se trata de um jogo entre dois países da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO), mas desejou sorte à seleção guineense.

“É a quarta vez que estamos no CAN, mas espero que desta, pedimos a Deus que consigamos passar para a outra fase”.

Disse o chefe de Estado, salientando ser esta a mensagem de “todos os guineenses” aos jogadores da seleção.

Com o cachecol dos “djurtus” no ombro, assim como todos os elementos da comitiva que o acompanha, incluindo o primeiro-ministro, Rui Duarte de Barros, e as chefias militares que prestaram honras de despedida ao chefe de Estado, Sissoco Embaló recusou-se a fazer qualquer prognóstico para o jogo.

 “Eu joguei à bola, não faço prognósticos”.

Referiu Embaló, quando questionado sobre que resultado espera do jogo de sábado em Abidjan.

A Guiné-Bissau abre a CAN 2023 diante da anfitriã Costa do Marfim e no dia 18 defronta a Guiné Equatorial para no dia 22 fechar a fase de grupos diante da Nigéria.

As quatro seleções compõem o grupo A da competição que decorre entre 13 deste mês e 11 de Fevereiro.

 

Também não fazes prognósticos, ou será que achas que a Guiné-Bissau vai passar para a segunda fase do CAN 2023? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

CAN 2023: Cabo Verde Convoca 5 jogadores Em Portugal

CAN 2023: 5 Países Dos PALOP Apurados

CAN 2023: PALOP com adversários de peso

 

Imagem: © 2023 DR
Lusa - Agência de Notícias de Portugal
Agencia Lusa

É a maior agência noticiosa de língua portuguesa, faz parte da Aliança das Agências de Informação de Língua Portuguesa e tem mais de 280 jornalistas espalhados por todo o mundo. Para além das principais cidades de Portugal, a Lusa tem delegações ou correspondentes permanentes na Bélgica, Espanha, Alemanha, Reino Unido, França, Luxemburgo, Rússia, Estónia, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Índia, São Tomé e Príncipe, África do Sul, Argélia, Timor-Leste, Macau, China, Brasil, Venezuela, Estados Unidos, Canadá e Austrália. Fornece um serviço noticioso a inúmeros jornais, rádios e canais de televisão portugueses, aos meios de comunicação social das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo e a agências noticiosas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Subscrevem também os serviços da Lusa diversas instituições públicas e privadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!