19.6 C
Londres
Domingo, Maio 26, 2024

Parteira Maria, A Superheroína de Marrocos

“Presa sob os escombros, pensei que ia morrer” – Parteira Maria.

Parteira Maria, A Superheroína de Marrocos.

Na noite de 8 de Setembro, quando o terremoto mais destrutivo da história recente de Marrocos, sacudiu as Montanhas do Atlas, a parteira Maria, estava a cumprir o seu turno em um centro de saúde materna em Talat N’Yaagoub.

Resgatada dos escombros após o devastador terremoto, Maria, qual superheroína, emergiu como um farol de esperança e, agora, ajuda a trazer bebés ao mundo e a salvar vidas enquanto a catástrofe se desenrola de forma implacável ao seu redor.

Estimam-se que devido à devastação causada pelo terremoto, tenham sido afectadas profundamente mais de 300.000 pessoas em Marraquexe e nos seus arredores, deixando marcas indeléveis em comunidades inteiras e mudando o curso de vidas de maneiras inimagináveis.

Segundo o Ministério do Interior de Marrocos até ao momento, estão confirmados 2.946 mortos e 5.674 feridos graves. Entre os afetados, encontram-se 1.500 mulheres grávidas que devem dar à luz nos próximos três meses, o que vai provar ser uma verdadeira luta pela sobrevivência e determinação, diante desta adversidade.

A Parteira Maria

Imagem © 2023 DR (20230926) Parteira Maria, A Superheroína de Marrocos

“Presa sob os escombros, pensei que ia morrer”.

Disse Maria, uma parteira de Talat N’Yaagoub – uma localidade situada nas Montanhas do Atlas, perto do epicentro do terremoto – lembrando os momentos angustiantes em que se viu aprisionada.

Ela estava a trabalhar no seu turno como parteira em um centro de saúde materna quando o terremoto mais destrutivo da história recente do Marrocos os atingiu na noite de 8 de Setembro.

“Aquela noite foi difícil, mas assim que os meus colegas me ajudaram a sair dos destroços, todos nós conseguimos prestar ajuda e salvar vidas”.

Disse Maria que, anteriormente havia recebido treinamento em resposta de emergência em saúde do UNFPA, a agência de saúde sexual e reprodutiva das Nações Unidas.

Talat N’Yaagoub fica a apenas 16 quilômetros do epicentro do terremoto. À medida que os residentes aterrorizados fugiam das casas destruídas, uma série de fortes réplicas trouxe ainda mais destruição a um cenário caótico.

Os números actuais confirmados são de 2.946 mortos e 5.674 feridos graves. No entanto estes números provavelmente estão subestimados, já que as equipes de resgate e salvamento, não conseguiram chegar a todas as áreas precárias e inacessíveis do terreno montanhoso.

Estima-se terem sido afetadas, mais de 300.000 pessoas em Marraquexe e nos arredores, entre elas, mais de 1.500 mulheres grávidas que devem dar à luz nos próximos três meses.

Com os hospitais e outras instalações médicas danificadas ou destruídas em aldeias atingidas pelo desastre, a perspectiva de sobrevivência para essas mulheres pode facilmente tornar-se uma ameaça à sua vida, especialmente se enfrentarem complicações durante a gravidez ou o parto.

Maria, A Incansável

Resgatada dos destroços, Maria rapidamente colocou as suas habilidades em uso para salvar a vida dos outros. Coordenando com as autoridades locais para organizar evacuações de helicóptero para quase todas as mulheres grávidas na área afetada, ela garantiu que recebessem o atendimento médico urgente de que precisavam.

Mas havia uma tarefa ainda mais crítica a ser realizada, pois ela percebeu que duas das mulheres estavam em trabalho de parto. Em meio à devastação total, Maria usou os medicamentos que conseguiu salvar dos destroços do centro de saúde para ajudar ambas a dar à luz com seguranças bebés saudáveis – dois deles gémeos.

Maria havia participado de uma iniciativa apoiada pelo UNFPA que, nos últimos dois anos, ajudou a treinar mais de 500 parteiras em procedimentos de emergência para fornecer saúde sexual e reprodutiva em situações de crise.

Os participantes aprenderam as melhores práticas para fornecer suprimentos e informações de planeamento familiar, rapidamente e realizar operações obstétricas de emergência e apoiar sobreviventes de violência de género.

Entregues em conjunto com as associações de parteiras e a associação nacional de planeamento familiar, as sessões de treinamento fortaleceram o conhecimento e as habilidades de profissionais de saúde como Maria para ajudar mulheres e raparigas durante emergências.

O UNFPA fez lobby junto aos focos de decisão para dar prioridade há preparação e a estabelecer redes locais e nacionais de profissionais de saúde que possam garantir uma resposta rápida e especializada durante uma crise humanitária.

Saúde, Abrigo e Estruturas de Apoio

Imagem © 2023 Davide Bonaldo (20230926) Parteira Maria, A Superheroína de MarrocosAs autoridades nacionais estão a liderar a resposta à tragédia, mas há crescentes necessidades de ajuda de emergência, alimentos, água, abrigo e apoio médico.

Milhares de casas foram destruídas e muitas pessoas procuram refúgio em instalações públicas e dormem ao ar livre com medo de mais desabamentos de edifícios. Nestas circunstâncias, como em todas as crises humanitárias, mulheres e raparigas com pouca proteção ou acesso a recursos entram em risco agudo de violência de género e coerção.

O acesso a serviços de saúde de qualidade, informações e proteção contra a violência são cruciais: o UNFPA permanece dedicado a garantir que o povo de Marrocos e as organizações locais, recebam o apoio de que precisam para proteger a saúde reprodutiva e o bem-estar das mulheres e raparigas da região.

Conclusão

Após sobreviver ao desastre, Maria, uma parteira em Talat N’Yaagoub, Marrocos, emergiu como uma superheroína, durante o devastador terremoto de Setembro. Após o seu resgate, coordenou evacuações de helicóptero para mulheres grávidas e até ajudou outras a dar à luz com segurança, demonstrando a importância do treinamento de emergência que recebeu.

A iniciativa do UNFPA que treinou Maria e outras parteiras para actuarem em situações de crise, provou ser fundamental e a tragédia destacou a necessidade urgente de ajuda humanitária e apoio a mulheres vulneráveis em situações similares.

Concordas que a parteira Maria é uma verdadeira Superheroína? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Ver Também:

Sismo Em Marrocos: 2.862 mortos Até Agora

Terramoto em Marrocos: Tragédia Abala o País

Imagem: © 2023 Davide Bonaldo
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com