4.8 C
Londres
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Sismo Em Marrocos: 2.862 mortos Até Agora

As réplicas sísmicas contínuas também a aumentar o risco para os socorristas e as pessoas presas sob os escombros, tornando a situação ainda mais perigosa.

Sismo Em Marrocos: 2.862 mortos Até Agora.

60 horas após o forte sismo em Marrocos há pelo menos 2.862 mortos confirmados. O balanço oficial de vítimas do sismo próximo de Marraquexe está a ser actualizado regularmente pelo Ministério do Interior e inclui também mais de 2.500 feridos.

O Ministério do Interior de Marrocos atualizou recentemente o número de vítimas do devastador sismo que atingiu o país. Com epicentro a cerca de 70 quilómetros a sudoeste de Marraquexe, o tremor de magnitude 6,8 causou estragos não apenas em Marrocos, mas também em Portugal, Espanha, Mali e Argélia.

O balanço atual aponta para pelo menos 2.862 mortos e 2.562 feridos graves, números que tendem a aumentar, uma vez que o terramoto afetou áreas de difícil acesso, incluindo a província de Al Haouz, Taroudant e outras regiões próximas a Marraquexe.

 

Necessidades Urgentes

Imagem © 2023 DR (20230911) Sismo Em Marrocos 2.862 mortos Até AgoraAs operações de busca, socorro e salvamento estão em curso, mas enfrentam desafios significativos. A topografia montanhosa da área afetada e a falta de acesso a algumas regiões complicam os esforços de resgate. Além disso, há relatos de que a ajuda não chegou a zonas remotas, onde as necessidades são urgentes.

A falta de água e medicamentos tornou-se uma preocupação urgente, destacada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É importante notar que, apesar das dificuldades, as comunidades locais têm demonstrado solidariedade diante dessa tragédia, apoiando-se mutuamente mesmo em face da adversidade.

O sismo também teve um impacto sério na economia marroquina, com danos significativos em empresas, infraestruturas e setores importantes. A recuperação económica será um desafio a longo prazo, exigindo esforços consideráveis de reconstrução.

Equipas internacionais e locais estão a trabalhar incansavelmente para fornecer assistência às vítimas. Isso inclui a distribuição de alimentos, água, abrigo e assistência psicológica para aqueles traumatizados pela tragédia. No entanto, a escassez de recursos médicos e a dificuldade em alcançar algumas áreas afectadas são obstáculos a superar.

 

Preparar o Futuro

Este sismo serve como um aviso da importância da preparação para desastres. Tanto as autoridades marroquinas quanto a comunidade internacional devem aprender com essa experiência. O fortalecimento dos sistemas de alerta precoce e das medidas de prevenção de desastres é fundamental para mitigar futuras crises semelhantes.

Em meio a esta catástrofe, é crucial continuar a mobilizar recursos e esforços para ajudar Marrocos a se recuperar e a reconstruir as áreas afectadas. A solidariedade internacional desempenhará um papel vital neste processo de recuperação.

A comunidade internacional está a mostrar solidariedade ao povo marroquino neste momento de necessidade. Vários países por todo o mundo, ofereceram ajuda e colocaram equipas de resgate em prevenção.

No entanto, a seleção limitada de países que receberam autorização para ajudar, mais precisamente, Espanha, Reino Unido, Qatar e Emirados Árabes Unidos, levantou questões sobre a coordenação das operações de resgate e a gestão eficaz dos recursos disponíveis.

A Argélia, apesar de diferenças políticas anteriores com Marrocos, anunciou a reabertura do espaço aéreo para permitir a chegada de aviões de ajuda humanitária às vítimas do sismo. Essa medida demonstra a importância da solidariedade entre nações em momentos de crise.

 

Os Sobreviventes do Sismo

Imagem © 2023 DR (20230911) Sismo Em Marrocos 2.862 mortos Até AgoraTestemunhos de sobreviventes descrevem a extensão dos danos materiais, com casas transformadas em escombros, especialmente na cidade histórica de Marraquexe, um Património Mundial da UNESCO. Muitas famílias perderam tudo e enfrentam a dura realidade de recomeçar após a tragédia.

Várias aldeias nas montanhas do Atlas, entre Marraquexe e Agadir, foram completamente arrasadas e há relatos de aldeias isoladas que ainda não receberam ajuda.

A situação de algumas vítimas é desesperadora, vivendo em acampamentos improvisados entre as ruínas, com falta de água corrente e infraestruturas básicas. A incerteza sobre o futuro e a preocupação com a segurança das estruturas restantes afectam profundamente essas comunidades.

Organizações humanitárias, como os Médicos Sem Fronteiras (MSF), estão a trabalhar incansavelmente para prestar assistência médica e apoio às vítimas. Equipas de médicos e enfermeiros voluntários estão a tratar feridos com os recursos disponíveis, mas enfrentam desafios com a escassez de medicamentos.

Além disso, os militares espanhóis juntaram-se às operações de resgate e salvamento, trazendo equipamentos e cães pisteiros. No entanto, as dificuldades nas operações de resgate são extraordinárias devido à construção predominante de casas de adobe que tendem a desmoronar completamente.

 

Os Desafios Pós Sismo

Apesar dos desafios massivos enfrentados por Marrocos, há esperança. A comunidade internacional continua a fornecer apoio valioso e as comunidades locais têm demonstrado solidariedade, apoiando-se mutuamente em tempos difíceis.

Este sismo é um aviso da necessidade de estarmos preparados para desastres naturais e da importância da cooperação internacional em momentos de crise. À medida que Marrocos luta para se recuperar, a solidariedade e a assistência global são fundamentais para ajudar o país e as suas comunidades a superar esta tragédia.

A destruição causada pelo sismo é avassaladora, principalmente em comunidades rurais onde as casas tradicionais de adobe foram reduzidas a escombros. As ruas estão cobertas de detritos, dificultando o acesso e a mobilidade das pessoas. A situação é ainda mais grave porque muitas áreas afetadas são remotas e de difícil acesso, o que atrasa a chegada da ajuda humanitária.

As pessoas que perderam as suas casas estão agora a viver em acampamentos improvisados, enfrentando a falta de água potável, eletricidade e instalações sanitárias adequadas. As necessidades básicas, como comida e abrigo, são uma preocupação constante e muitas famílias enfrentam incertezas sobre o futuro.

 

Resgate e Desafios do Sismo

Imagem © 2023 DR (20230911) Sismo Em Marrocos 2.862 mortos Até AgoraAs operações de busca, socorro e salvamento estão em andamento nas áreas afectadas, mas os esforços enfrentam inúmeros desafios. A falta de equipamentos especializados e a natureza das estruturas danificadas dificultam a localização de sobreviventes sob os escombros.

As réplicas sísmicas contínuas também a aumentar o risco para os socorristas e as pessoas presas sob os escombros, tornando a situação ainda mais perigosa.

O apoio da comunidade internacional desempenha um papel crucial na recuperação de Marrocos. As nações que ofereceram assistência demonstram a importância da solidariedade global em tempos de crise.

É fundamental que os esforços de ajuda sejam coordenados de maneira eficaz para garantir que as vítimas recebam a assistência necessária o mais rápido possível. A gestão adequada dos recursos e uma abordagem coordenada são essenciais para enfrentar essa emergência.

 

Conclusão

O sismo devastador que ocorreu em Marrocos, é um aviso trágico da vulnerabilidade das comunidades diante de desastres naturais. A prioridade imediata é salvar vidas, fornecer assistência médica e abrigo às vítimas e garantir que as necessidades básicas sejam atendidas.

Enquanto Marrocos enfrenta esta crise, a colaboração internacional e em particular a solidariedade, desempenham um papel fundamental na recuperação e na resposta às comunidades locais. A reconstrução das áreas afetadas e o apoio às comunidades afetadas serão também desafios significativos nos próximos meses.

Neste momento de adversidade, a determinação do povo marroquino, juntamente com o apoio da comunidade internacional, são fundamentais para superar esta tragédia e reconstruir as vidas das pessoas afetadas.

 

O que achas da reacção internacional a este sismo em Marrocos? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Terramoto em Marrocos: Tragédia Abala o País

Imagem: © 2023 Francisco Lopes-Santos
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!