19.6 C
Londres
Domingo, Maio 26, 2024

BRICS: Putin Falha Presença na Cimeira

A África do Sul ocupa atualmente a presidência do grupo BRICS, uma aliança que visa estabelecer um contrapeso ao domínio económico ocidental.

BRICS: Putin Falha Presença na Cimeira.

A cimeira dos BRICS, reúne o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul. Está prevista para acontecer em Agosto na África do Sul, no entanto, o presidente russo, Vladimir Putin, tomou a decisão de não participar presencialmente no evento após meses de polémicas envolvendo um mandado de captura internacional contra ele, emitido pelo Tribunal Penal Internacional (TPI).

Em vez disso, Vladimir Putin será representado pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergey Lavrov, no entanto, fará uma intervenção por videoconferência.

 

Dilema Diplomático

Como país anfitrião da cimeira dos BRICS, a África do Sul estava diante de um dilema diplomático, já que era obrigada a cooperar na detenção de Putin caso ele entrasse no seu território. A decisão de como proceder em relação ao líder russo tem sido alvo de especulações e discussões.

A Rússia, enfrenta a acusação do TPI por supostos crimes de guerra na Ucrânia, o que levou ao mandado de captura contra Vladimir Putin. Como membro do TPI, a África do Sul tem obrigações de cooperar na detenção de indivíduos sujeitos a mandados, mas as circunstâncias delicadas da cimeira tornaram o assunto complexo.

O mandado de captura emitido pelo TPI contra Vladimir Putin gerou controvérsia e tensão diplomática entre a Rússia e a África do Sul que é membro do tribunal. A Rússia negou oficialmente ter advertido o país africano sobre o cumprimento do mandado, mas deixou claro que a prisão de Putin seria interpretada como uma “declaração de guerra”.

Em meio ao impasse diplomático e para evitar possíveis problemas ou controvérsias durante a cimeira, Vladimir Putin escolheu não participar fisicamente do evento. A decisão foi anunciada pelo Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa e reforça a relevância da cimeira dos BRICS para as relações entre os países membros.

O dilema diplomático em relação à prisão de Putin chegou até os tribunais, com a Aliança Democrática a procurar forçar o governo sul-africano a detê-lo e entregá-lo ao TPI. No entanto, o presidente Ramaphosa respondeu que tal ação seria “irresponsável” e ameaçaria a segurança nacional da África do Sul.

 

A Decisão de Putin Para o BRICS

A escolha de Putin de não participar fisicamente na cimeira dos BRICS é vista como um sinal de maturidade e força do bloco. O Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul são países com diferentes interesses e perspectivas, mas a cooperação e a procura por soluções conjuntas são essenciais para fortalecer a posição do BRICS como contrapeso ao domínio económico ocidental.

Apesar de não estar presente fisicamente, Putin fará a sua intervenção na cimeira dos BRICS através de videoconferência. Isso permitirá que ele participe ativamente das deliberações e discussões, garantindo que as suas posições sejam ouvidas e levadas em consideração.

 

O Papel do BRICS

A África do Sul ocupa atualmente a presidência do grupo BRICS, uma aliança que visa estabelecer um contrapeso ao domínio económico ocidental. O bloco é composto por economias emergentes que trabalham juntas para promover a cooperação, o desenvolvimento e a independência económica.

Houve especulações de que a cimeira dos BRICS poderia ser realizada na China para evitar possíveis implicações da prisão de Putin na África do Sul. No entanto, a África do Sul reafirmou a sua decisão de sediar o evento e garantir a sua relevância como um fórum importante para a cooperação entre os países membros.

 

Conclusão

A decisão de Putin de não participar fisicamente na cimeira dos BRICS trouxe à tona questões diplomáticas e legais sensíveis para a África do Sul. A cooperação entre os membros do BRICS é essencial para fortalecer a posição do bloco na economia global e a cimeira representa uma oportunidade para discutir e procurar soluções conjuntas para desafios comuns.

O dilema diplomático enfrentado pela África do Sul em relação à detenção de Vladimir Putin reflete a complexidade das relações internacionais e o equilíbrio delicado entre interesses nacionais e cooperação global. A participação de Putin por videoconferência demonstra o compromisso do líder russo com as discussões do BRICS, mesmo diante de obstáculos políticos e legais.

 

O que achas desta situação no BRICS? Putin tomou a decisão correcta ao optar por participar por videoconferência? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.
Imagem: © DR 
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com