4.8 C
Londres
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Cimeira UA: João Lourenço Promove Paz e Estabilidade

É fundamental reconhecer que a paz e a estabilidade são pré-requisitos essenciais para o desenvolvimento económico e social de África.

Cimeira UA: João Lourenço Promove Paz e Estabilidade


O Presidente angolano, João Lourenço, tem desempenhado um papel fundamental nos últimos anos, no processo, da promoção da paz e estabilidade em África. A sua posição tem sido evidente no compromisso de Angola em defender a necessidade de ações concretas contra golpes de Estado e mudanças inconstitucionais no continente.

 

A Posição de João Lourenço

Em diversas ocasiões, João Lourenço reiterou que não pode haver tolerância com regimes resultantes de golpes de Estado. Em discursos proferidos em fóruns internacionais, como nesta última Cimeira da União Africana, ele focou que tais ações representam um retrocesso para África e violam os princípios fundamentais defendidos pela União Africana.

“Não há golpes de Estado que possam ser considerados bons, menos maus ou toleráveis, já que todos eles atentam gravemente contra os princípios defendidos pela União Africana, a Constituição e a Lei dos Estados membros, facto que constitui um retrocesso para África”, afirmou João Lourenço.

João Lourenço discursavaou no primeiro dos dois dias de trabalhos da 37.ª cimeira da União Africana (UA), na apresentação do seu relatório na qualidade de “Campeão da União Africana para a Paz e Reconciliação em África”, considerou que, apesar dos avanços alcançados, é inegável que persistem desafios significativos em várias regiões do continente.

Países como o Sudão do Sul, Líbia e Somália continuam a enfrentar instabilidade política e conflitos armados, que têm um impacto devastador sobre as populações locais.

 

A Procura da Paz

Angola tem sido activa na procura de soluções para os conflitos em África. O Presidente João Lourenço destacou o papel do país na promoção da paz na região dos Grandes Lagos e na colaboração com iniciativas regionais e continentais para a prevenção e resolução de conflitos.

“África venceu o colonialismo, venceu o ‘apartheid’ e vencerá também o terrorismo e as mudanças inconstitucionais”, vincou João Lourenço.

É fundamental reconhecer que a paz e a estabilidade são pré-requisitos essenciais para o desenvolvimento económico e social do continente. À medida que África avança para o futuro, é crucial que os líderes continuem comprometidos com a resolução pacífica de conflitos e a construção de um continente seguro e próspero para todos os seus habitantes.

 

Conclusão

O papel de Angola na promoção da paz e estabilidade em África é de suma importância. Sob a liderança do Presidente João Lourenço, o país tem demonstrado um compromisso inabalável com os princípios fundamentais da União Africana e tem desempenhado um papel ativo na procura de soluções para os desafios que enfrenta o continente.

 

Imagem: © Solen Feyissa / Unsplash
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!