4.8 C
Londres
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Expo 2023 Doha: Angola e Cabo Verde Premiadas

As distinções foram entregues, em Doha, a Capital do Qatar, durante a cerimónia de premiações que teve efeito na véspera do encerramento, a 27 Março de 2024.

Expo 2023 Doha: Angola e Cabo Verde Premiadas


A Expo 2023 Doha, que teve como tema “Deserto Verde, Melhor Ambiente”, começou no dia 2 de Outubro de 2023 e terminou na passada quinta-feira, 28 de Março de 2024. No termino da exposição, Angola e Cabo verde viram os seus pavilhões premiados.

Angola foi distinguida com Prémio Programação, um prémio que representa os esforços de Angola em aprimorar significativamente conteúdos envolventes, com programas inovadores, incluindo actividades culturais e B2B (negócio electrónico entre empresas)

Entretanto, o Pavilhão de Cabo Verde venceu o prémio do tema e conceito. O subtema da participação de Cabo Verde estava focado na transição para uma agricultura moderna, resistente e sustentável, adaptada às mudanças climáticas

As distinções foram entregues, em Doha, a Capital do Qatar, durante a cerimónia de premiações que teve efeito na véspera do encerramento, a 27 Março de 2024.

 

Angola


Angola foi distinguida, na passada quarta-feira dia 27 de Março de 2024, com o prémio de melhor programação na categoria de pavilhão grande na Expo 2023 Doha, decorrida de 2 de Outubro do ano passado a 28 de Março de 2024, na capital do Qatar.

De acordo com o certificado outorgado ao país, o prémio representa os esforços de Angola em aprimorar significativamente conteúdos envolventes, com programas inovadores, incluindo actividades culturais e B2B (negócio electrónico entre empresas), alinhados com os temas e objectivos da Expo.

Refere que este reconhecimento reflecte não apenas a excelência da programação de Angola na Expo, mas também o empenho e dedicação da sua equipa no pavilhão em proporcionar uma experiência memorável e enriquecedora aos visitantes.

O prémio foi entregue pelo comissário-geral da Expo, Barber Bin Oma Al-Dafa, à comissário-geral de Angola para a Expo 2023 Doha – Qatar, Albina Assis Africano, na presença do presidente do Bureau Internacional das Exposições (BIE), Alain Berguer, e do secretário-geral do organismo, Dimitry Kerkentzes.

Em entrevista à imprensa local, Albina Assis Africano expressou gratidão pela distinção e disse ser resultado de um trabalho em equipa, árduo, realizado com profissionalismo e zelo pelos técnicos presentes no pavilhão e pelo país, de um modo geral.

“A missão do nosso país é clara”.

“É, essencialmente, fortalecer as relações de cooperação e atrair investidores de países com potencialidades que interessam a Angola”.

“Algo que, pela sua natureza, as exposições internacionais propiciam”, disse.

Durante a cerimónia, presenciada por mais de quatro mil pessoas, entre diplomatas, empresários e outras personalidades, foram igualmente premiados outros em distintas categorias.

O Presidente, Alain Berguer, e o Secretário-Geral Dimitry Kerkentzes, viram o seu esforço de cerca de seis meses, ser recompensado.

Angola inaugurou o seu pavilhão na Exposição Internacional de Horticultura – Expo 2023 Doha no a 14 de Novembro de 2023 e celebrou aí o seu Dia Nacional a 4 de Fevereiro.

 

Cabo Verde


O Pavilhão de Cabo Verde na Expo 2023 Doha (Qatar) foi distinguido com o prémio do Tema (Theme Award) na categoria de pavilhões médios na Expo 2023 Doha (Qatar).

Recorda-se que Cabo Verde marcou a sua presença na Expo 2023 Doha, Qatar, com o lema “Green is the Way, Blue is the Destiny” (“Verde é o Caminho, Azul é o Destino”), refletindo a sua identidade e aspirações.

Este tema celebra a rica herança agrícola do país, destacando a importância da terra na formação da sua história e cultura. Paralelamente, realça a profunda ligação com o oceano, simbolizando o aproveitamento do vasto território marítimo de Cabo Verde como impulsionador da diversificação económica e como elemento-chave para uma integração mais efetiva e benéfica na região e no mundo.

O subtema da participação de Cabo Verde focou a transição para uma agricultura moderna, resistente e sustentável, adaptada às mudanças climáticas. Esta abordagem destacou a interligação entre a agricultura e a cultura do país, explorando como a terra moldou o povo cabo-verdiano e como as práticas agrícolas influenciaram a criação da rica cultura crioula.

Este objectivo alinha-se com o compromisso de Cabo Verde com o desenvolvimento sustentável. A participação de Cabo Verde foi enquadrada na Resolução 64/2023 do Governo de Cabo Verde que instituiu o Comissariado Nacional (CN) da Expo Qatar 2023. O Comissariado Nacional também inclui representantes de várias instituições.

O Comissariado foi encabeçado pelo Comissário-Geral e Diretor Geral da Cooperação Económica e para o Desenvolvimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Conselheiro José Correia, a Comissário-geral Adjunta, Senhora Zilca Paiva, o Diretor de Jardim, Senhor Ângelo Martins, a Coordenadora das Atividades do Pavilhão, Sra. Mirza Brito e a Consultoria do Arquiteto João Vieira.

O pavilhão de Cabo Verde, ofereceu aos visitantes uma visão abrangente da realidade do país. Destacando a sua localização geoestratégica, o pavilhão apresentava as múltiplas oportunidades de lazer e investimento em Cabo Verde. Foi dado um foco especial aos setores estratégicos como o turismo, economia azul, energias renováveis, transportes e economia digital.

A participação de Cabo Verde na Expo 2023 Doha enquadrou-se em uma estratégia do Governo cabo-verdiano em promover o país no Qatar e na região do Médio Oriente, principalmente como um destino atraente para investimentos e turismo. Este evento também serviu para fortalecer as relações de Cabo Verde com a região do médio oriente.

 

Conclusão


Os prémios recebidos por Angola e Cabo Verde na Expo 2023 Doha celebra, não só a excelência e inovação destes dois países, mas também o seu compromisso com questões globais cruciais, como o desenvolvimento sustentável, a cooperação internacional e a promoção da cultura.

Estes prémios reconhecem os esforços individuais de cada nação e também reforçam a importância de eventos como a Expo 2023 Doha para promover o diálogo e a colaboração entre diferentes países e culturas.

A presença de Angola e de Cabo Verde na Expo 2023 Doha é um testemunho do potencial transformador destes eventos e da contribuição significativa que estes países podem fazer para um futuro mais sustentável e colaborativo em África e no Mundo.

 

O que achas destes prémios para Angola e Cabo verde recebidos na Expo 2023 Doha, no Qatar? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 


Imagem: © Expo 2023 Doha
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!