18.3 C
Londres
Domingo, Julho 21, 2024

África É A Maior Vítima Da Guerra Da Ucrânia

Infelizmente, esta cimeira só reafirmou que o Ocidente continua a olhar só para si, considerando que são os donos do mundo e, consequentemente, os únicos detentores da verdade.

África É A Maior Vítima Da Guerra Da Ucrânia


O Presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, defendeu hoje, numa conferência de imprensa no encerramento da Cimeira para a Paz na Ucrânia, organizada pelo Governo suíço nos arredores de Lucerna que África, está a ser até ao momento, a maior vítima da guerra na Ucrânia, pelas consequências do conflito no comércio internacional de alimentos, com um aumento significativo de preços e da inflação.

“As consequências da guerra vão além dos confins da Europa e, em muitos sentidos, África é a principal vítima, pela disrupção do comércio mundial, das cadeias de abastecimento e o bloqueio do mar Negro”.

Afirmou o chefe de Estado.

O mandatário foi convidado a falar nesta conferência como representante do chamado Sul Global (países em desenvolvimento), assim como o homólogo do Chile, Gabriel Boric.

 

O Fim da Conferência


Imagem: © 2024 DR (20240616) África É A Maior Vítima Da Guerra Da UcrâniaNa conferência, em que não houve direito a perguntas dos jornalistas, também houve declarações da presidente da União Europeia, Ursula Von Der Leyen, do primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e do Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

Akufo-Addo sublinhou que todos os países devem estar interessados em participar em iniciativas para que Ucrânia volte a viver numa paz duradoura.

Considerou, no entanto, que não se pode alcançar uma solução definitiva para o conflito se não se encontrar uma forma de envolver a Rússia e a China nas deliberações.

A conferência para a paz na Ucrânia, organizada pela Suíça na sequência de um pedido do Presidente ucraniano, juntou representantes de cerca de oitenta países e organizações, metade dos quais da Europa, mas foram as ausências que mais peso marcaram (foram dirigidos convites a 160 delegações de todo o mundo).

A ausência de maior peso foi a da Rússia, já que não foi convidada. O Kremlin contou com a “solidariedade” de vários países que rejeitaram participar na cimeira dada a sua ausência, como sucedeu com a China, já que consideraram não existir nenhum caminho para a paz que não envolva todas as partes envolvidas no conflito.

 

A Proposta de Putin


Imagem: © 2024 DR (20240616) África É A Maior Vítima Da Guerra Da UcrâniaNa sexta-feira, Putin prometeu ordenar imediatamente um cessar-fogo na Ucrânia e iniciar negociações, se Kiev começasse a retirar as tropas das quatro regiões que constituem o Dombas que, em 2022 votaram pela sua autodeterminação e renunciasse aos planos de adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO). A proposta foi linearmente recusada pela Ucrânia, pelos EUA e pela NATO.

No comunicado final da cimeira, o Ocidente reforçou o apoio a Kiev e rejeitou os termos apresentados por Moscovo para um cessar-fogo, afirmando que a proposta russa comprometeria a integridade territorial da Ucrânia e o seu direito de adesão à NATO. Considerou-se que a proposta russa, na prática, exige a rendição da Ucrânia, comprometendo assim a sua soberania.

Entre os países que estiveram presentes na conferência e que não assinaram o comunicado final, encontram-se os Estados-membros do BRICS, um bloco composto pelo Brasil, Índia, África do Sul, China e Rússia, bem como a Arménia, o Barém, a Indonésia, a Líbia, a Arábia Saudita, a Tailândia, os Emirados Árabes Unidos e o México.

 

Conclusão


África continua a sofrer um forte impacto pelas consequências da guerra na Ucrânia, especialmente no que diz respeito ao comércio internacional e à segurança alimentar e esta cimeira ignorou completamente a responsabilidade europeia nesse problema.

Por outro lado, a ausência de soluções que incluam todas as partes envolvidas no conflito dificulta a obtenção de uma paz duradoura, demonstrando claramente que, infelizmente, o Ocidente continua a olhar só para si, considerando que são os donos do mundo e, consequentemente, os únicos detentores da verdade.

Não poderiam estar mais errados.

 

O que achas-te desta “pseudo-Cimeira para a Paz na Ucrânia”? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2024 DR
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com