19.6 C
Londres
Domingo, Maio 26, 2024

Doença de Chagas: Uma Realidade Silenciosa

Enfrentar a Doença de Chagas: diagnosticar precocemente e cuidar para o resto da vida.

Doença de Chagas: Uma Realidade Silenciosa


Hoje é o Dia Mundial da Doença de Chagas que se celebra, desde 2000, a 14 de Abril. A Doença de Chagas tem o nome de Carlos Ribeiro Justiniano Chagas, médico e investigador brasileiro que descobriu a doença em 1909.

Em maio de 2019, no seguimento da decisão da 72.ª Assembleia Mundial da Saúde, ficou estabelecido que o Dia Mundial da Doença de Chagas passaria a ser celebrado a 14 de Abril (data do ano de 1909, quando Carlos Chagas diagnosticou o primeiro caso humano da doença, uma menina de dois anos chamada Berenice).

Existem aproximadamente 6 a 7 milhões de pessoas infetadas com a Doença de Chagas em todo o mundo, com o aparecimento de 30.000–40.000 novos casos todos os anos, causando sistematicamente 12.000 mortes anualmente, com a maioria dos casos concentrados em países como o Brasil, Bolívia, Paraguai e México.

 

Please accept YouTube cookies to play this video. By accepting you will be accessing content from YouTube, a service provided by an external third party.

If you accept this notice, your choice will be saved and the page will refresh.

———————————————————————————————

Aceite os cookies do YouTube para reproduzir este vídeo. Ao aceitar, estará a aceder ao conteúdo do YouTube, um serviço fornecido por terceiros.

Se aceitar, a sua escolha será salva e a página será atualizada.

YouTube privacy policy

Mensagem do Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor Geral da OMS.

 

A Doença de Chagas


Imagem © 2010 MSF (20240414) Doença de Chagas Uma Realidade SilenciosaA Doença de Chagas, também conhecida como tripanossomíase americana, é uma doença tropical potencialmente fatal, causada por um parasita protozoário (Trypanosoma cruzi). A Doença de Chagas é predominante entre as populações pobres da América Latina, sem acesso a cuidados de saúde ou pessoas sem voz política, mas está a ser cada vez mais detectada noutros países e continentes.

A transmissão ocorre principalmente através da picada de insetos triatomíneos, conhecidos como barbeiros, que são vectores do parasita. Além disso, a doença pode ser transmitida de mãe para filho durante a gravidez, por transfusão sanguínea de sangue contaminado e por ingestão de alimentos contaminados.

O diagnóstico precoce é fundamental, uma vez que a Doença de Chagas é curável quando o tratamento é administrado logo após a infeção. Se tal não acontecer devido a um diagnóstico tardio, a infeção pode transformar-se numa doença potencialmente fatal. Neste caso, são essenciais cuidados adequados ao longo da vida.

É frequentemente denominada como “doença silenciosa”, uma vez que a maioria das pessoas infetadas não apresenta sintomas ou apresenta sintomas muito ligeiros, já que o seu período de incubação é prolongado e pode durar décadas. Isso significa que muitos indivíduos podem estar infectados sem saber, permitindo que a doença progrida silenciosamente.

A doença progride lentamente e muitas vezes apresenta evolução clínica assintomática. Sem tratamento, a Doença de Chagas pode causar graves danos irreversíveis ao coração, sistema digestivo e sistema nervoso.

Os sintomas da fase aguda podem ser leves ou inespecíficos, incluindo febre, mal-estar, dor de cabeça e inchaço no local da picada. No entanto, a fase crónica da doença pode ser grave e potencialmente fatal. Aproximadamente 75 milhões de pessoas são consideradas em risco de infecção.

A prevenção da Doença de Chagas baseia-se principalmente no controle dos vectores, incluindo medidas como o uso de inseticidas, melhoria das condições de habitação e educação sobre práticas de prevenção.

 

O Tema do Dia Mundial de 2024


Imagem © 2014 OMS (20240414) Doença de Chagas Uma Realidade SilenciosaO tema em 2024 é “Enfrentar a Doença de Chagas: diagnosticar precocemente e cuidar para o resto da vida” e tem como objetivo aumentar a sensibilização entre os profissionais de saúde e da população em geral para a Doença de Chagas e garantir um maior financiamento e apoio para o diagnóstico precoce e iniciativas de cuidados de acompanhamento abrangentes permitindo um tratamento eficaz.

 

O Impacto Global da Doença de Chagas


A Doença de Chagas é uma doença negligenciada que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. A sua expansão, para além das fronteiras da América Latina, tem preocupado especialistas em saúde pública. A doença tem sido diagnosticada em países como Espanha, Portugal, Estados Unidos, Japão e Austrália, onde a presença do parasita tem sido atribuída à migração de pessoas infectadas.

Em termos económicos, a Doença de Chagas também representa um grande fardo para os sistemas de saúde e as economias dos países afetados. O tratamento da doença é caro e muitas vezes inacessível para as populações mais vulneráveis. Além disso, a doença pode levar à incapacidade de trabalho, perda de produtividade e impacto negativo no desenvolvimento socioeconómico das comunidades afetadas.

A Doença de Chagas é uma ameaça global que requer uma resposta global. Somente através de uma abordagem coordenada e colaborativa, podemos esperar reduzir o impacto desta doença devastadora e melhorar a qualidade de vida das pessoas afectadas.

 

Conclusão


A Doença de Chagas é uma realidade silenciosa que afeta milhões de pessoas em todo o mundo e é uma condição séria que requer uma abordagem abrangente, coordenada e colaborativa, para a sua prevenção, diagnóstico e tratamento.

É fundamental que os governos, as organizações internacionais e a sociedade civil se unam em um esforço conjunto para proteger a saúde e o bem-estar das populações e combater a Doença de Chagas.

É necessário investir em pesquisas para o desenvolvimento de novos tratamentos e vacinas, bem como em programas de prevenção e controle da doença. Somente assim será possível reduzir a incidência da doença e melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas por ela.

 

Já tinhas ouvido falar da Doença de Chagas? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 


Imagem: © 2021  Gettyimages [52965293]
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

Francisco Lopes-Santoshttp://xesko.webs.com
Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.
Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com