11.3 C
Londres
Sábado, Maio 25, 2024

Sakiru Adebayo vence Prémio Amílcar Cabral

O Prémio Amílcar Cabral, apesar de só ter sido criado o ano passado, já atingiu dimensão internacional.

Sakiru Adebayo vence Prémio Amílcar Cabral.

O ensaísta nigeriano Sakiru Adebayo, especialista em literatura africana, venceu a segunda edição do Prémio Amílcar Cabral. O Prémio é promovido pelo Instituto de História Contemporânea e pelo Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.

 

O Prémio Amílcar Cabral

Este foi o segundo ano de atribuição do prémio Amílcar Cabral. A primeira edição, decorreu em 2021 e foi ganho pelo historiador Esmat Elhalaby, um investigador da Universidade de Toronto é especializado em História do Médio Oriente e do sul da Ásia.

O Prémio Amílcar Cabral foi criado em 2021, pelo Padrão dos Descobrimentos / EGEAC e pelo Instituto de História Contemporânea, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, para reconhecer estudos científicos sobre “as resistências anticoloniais” desde o século XV até à actualidade.

Consiste numa bolsa de investigação em Lisboa, destinando-se a investigadores de qualquer nacionalidade de universidades portuguesas ou estrangeiras que estudem e produzam conhecimento, através de um artigo de investigação histórica, sobre qualquer temática e problemática relativa à história das resistências anticoloniais e dos impérios coloniais.

O Prémio Amílcar Cabral foi baptizado com o nome do político e intelectual Amílcar Cabral (1924-1973), um dos fundadores do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), um homem que contribuiu de forma singular para o fim do colonialismo europeu em África.

 

O Prémio Deste Ano

Seleccionado de entre dez candidaturas, o trabalho de Adebayo, “The black soul is (still) a white man’s artefact? Postcoloniality, post-Fanonism and the tenacity of race(ism) in A. Igoni Barrett’s Blackass” foi publicado na revista African Studies e centra-se no romance Blackass, do autor nigeriano A. Igoni Barrett.

Segundo o júri do Prémio Amílcar Cabral, o artigo de Sakiru Adebayo destaca

“As sombras persistentes da dominação cultural imperial europeia na Nigéria, as suas heranças e os seus efeitos no imaginário pós-colonial nigeriano”.

O júri do concurso, constituído por Manuela Ribeiro Sanches, Victor Barros e Rui Gomes Coelho, atribuiu ainda duas menções honrosas:

  • à historiadora Merve Fejzula, da Universidade do Missouri, com o artigo “Gendered Labour, Negritude and the Black Public Sphere,” publicado na revista Historical Research (OUP);
  • a Burak Sayim, da Universidade de Nova Iorque – Abu-Dhabi, com o artigo “Transregional by design: The early communist press in the middle east and global revolutionary networks”, publicado no Journal of Global History (CUP).

O Prémio Amílcar Cabral, apesar de só ter sido criado o ano passado, já atingiu dimensão internacional.

 

Quem é Sakiru Adebayo?

Sakiru Adebayo nasceu na Nigéria, tendo-se formado na University of Ibadan antes de se mudar para a África do Sul, onde completou o doutoramento na Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo, em Literatura Africana. Actualmente, é Professor Auxiliar na Faculdade de Estudos Criativos e Críticos da Universidade de British Columbia, no Canadá.

 

Conclusão

Este prémio, mais um promovido por Portugal, é um marco significativo na celebração da literatura e da cultura africana. Com este reconhecimento, a obra de Sakiru Adebayo e a memória de Amílcar Cabral são elevadas, impulsionando ainda mais a valorização dos estudos sobre a resistência anticolonial. Esperemos que sejam criados muitos mais prémios do género.

 

O que achas deste prémio? Será que usar o nome de Prémio Amílcar Cabral não passará de apenas um aproveitamento cultural português? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.
Imagem: © 2023 DR 
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com