CAN 2023: Guiné-Bissau Volta A Perder.

No arranque da 2ª jornada da fase de grupos, no Grupo A, Guiné Equatorial e o seu avançado Nsue, autor de 3 golos, derrotaram Guiné-Bissau. O resultado final é claro, (4-2)! Com esta vitória, os Nzalang (a equipe da Guiné Equatorial) está a um passo dos oitavos de final e ocupam provisoriamente o primeiro lugar do Grupo A (4 pts), enquanto aguardam o confronto entre a Costa do Marfim e a Nigéria.

 

Primeira Parte Equilibrada

O jogo começou equilibrado até que ao 21º min, Emilio Nsue abriu o marcador com um remate rasteiro, a 5,50 metros após um desvio de cabeça, para Pablo Maret. Este último lançou para Nsue que aproveitou a má leitura da bola pelo capitão da Guiné-Bissau, Sori Mané, para ficar cara a cara com o guarda-redes Djoco que bloqueou a jogada, mas sem efeito porque a bolaacabou no fundo das redes.

A Guiné-Bissau respondeu com um remate de Mama Baldé aos 36 minutos, o primeiro enquadrado dos Djurtus. Mas o guarda-redes dos Nzalang estava atento. Na sequência da jogada, uma recuperação por parte da Guiné-Bissau, resultou num centro preciso para Mama Baldé e num empate, por auto-golo, de Orozco Fernandez, que tentava bloquear a bola.

O jogo animou-se um pouco, um minuto depois, com uma grande penalidade obtida pelo avançado da Guiné-Bissau, Fraculino Dju. Nos vídeos da repetição, ele parece ter sido derrubado por um defesa. Mas quanto Baldé se preparava para o marcar, o árbitro, depois de consultar o VAR, voltou atrás na sua decisão.

O empate a 1-1 éra justo no final da 1ª parte, pois as duas equipas estiveram a lutar de igual para igual. Mesmo que a Guiné Equatorial tenha sido mais precisa, com maior vantagem na posse de bola e nas oportunidades claras e com 2 remates enquadrados em 5 tentativas. A Guiné-Bissau, por sua vez, apontou 4 remates, acertando apenas 1, e teve 43% de posse de bola.

 

Nsue Afunda a Guiné-Bissau

No início da 2ª parte, a Guiné-Bissau desperdiçou uma oportunidade clara com um remate muito desviado e foi castigada em seguida. O alívio do guarda-redes da Guiné Equatorial, Ovono, na continuação da jogada, caiu nos pés de Josete Miranda, que rematou e deu a vantagem ao seu país (46ª min), ajudado pela apatia dos defesas da Guiné-Bissau.

A Guiné-Bissau teve uma boa oportunidade de empatar aos 50 minutos, mas a sorte continuou a fugir-lhes, com um remate de Dju a ir para as nuvens, apesar de estar bem colocado.

A ação que se seguiu ao erro dos jogadores da Guiné-Bissau resultou num novo golo de Nsue (51ª min) que recebeu um excelente centro após um contra-ataque. Esticou o pé para marcar na baliza vazia, o seu segundo golo do dia.

O jogo morreu para a Guiné-Bissau, após um novo golo de Nsue, o terceiro, aos 61 minutos, elevando o marcador para 4-1. Com uma abertura brilhante, quase em posição de fora de jogo, Nsue, sozinho diante do guarda-redes, fintou-o brilhantemente, antes de rematar e marcar.

O recém-chegado jogador da Guiné-Bissau, Tchami, teve a oportunidade de reduzir a diferença aos 68 minutos. Encontrou-se depois de uma pressão bem-sucedida num contra-ataque contra o guarda-redes da Guiné Equatorial, mas falhou no mano a mano.

A Guiné Equatorial controlou o resto do jogo, mas mesmo assim, a Guiné-Bissau, conseguiu reduzir a diferença com um golo de Zé Turbo aos 93 minutos. Resultado final (4-2)!

A posse de bola no final do jogo é quase repartida. A Guiné Equatorial tentou 8 remates, acertando 6. A Guiné-Bissau, teve 48% de posse de bola, 12 remates, com apenas 2 enquadrados. Os homens de Baciro Candé podem lamentar, especialmente em relação à grande penalidade não assinalada que poderia ter mudado o jogo.

 

Conclusão

A vitória convincente da Guiné Equatorial sobre a Guiné-Bissau destaca o desempenho impressionante de Emilio Nsue, que marcou um hat-trick. O jogo equilibrado na primeira metade viu ambas as equipas lutar, pela vitória, mas foi a Guiné Equatorial que ao ganhar, ficou bem posicionada no Grupo A, com um pé nos oitavos, enquanto que a Guiné-Bissau, dificilmente vai avançar na competição.

 

Tens acompanhado o CAN 2023? Achas que a Guiné-Bissau ainda terá alguma chance de passar à segunda fase do Campeonato? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

CAN 2023: Cabo Verde Ganhou, Falta Angola

CAN 2023: Guiné-Bissau Estreia-se A Perder

CAN 2023: Cabo Verde Convoca 5 jogadores Em Portugal

CAN 2023: 5 Países Dos PALOP Apurados

CAN 2023: PALOP com adversários de peso

 

Imagem: © 2024 DR
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santos

Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!