Antony Blinken (EUA) Visita Angola.

O embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) em Angola, disse hoje que a visita do secretário de Estado norte-americano Antony Blinken ao país lusófono sinaliza o “bom momento” das relações bilaterais, prometendo contínuos investimentos na segurança e infraestruturas.

De acordo com Tulinabo Mushingi, consta da agenda do secretário de Estado norte-americano encontros com o Presidente angolano, João Lourenço, e com o ministro das Relações Exteriores, Téte António, e a participação em eventos públicos.

“Vamos engajar o secretário (Antony Blinken) em eventos públicos, onde poderá abordar os angolanos dos diferentes níveis e depois teremos declarações à imprensa no final de toda a jornada”.

Disse hoje aos jornalistas, em Luanda, Tulinabo Mushingi, embaixador dos EUA em Angola.

Falando no Palácio Presidencial, onde o Presidente angolano, João Lourenço, recebe cumprimentos de ano novo do corpo diplomático acreditado em Angola, Tulinabo salientou que a visita de Antony Blinken, prevista para sexta-feira, sinaliza o “bom momento” das relações entre Luanda e Washington.

O embaixador norte-americano em Angola assegurou que o seu país vai continuar a fortalecer a prosperidade do povo angolano e também a segurança.

“Vamos apoiar os esforços de Angola na modernização das forças armadas”.

“Também vamos continuar a promover a estabilidade em Angola, na região e no mundo, isso é muito importante para ambos os países”.

“Vamos continuar também a discutir sobre a boa governação, que inclui a liberdade de imprensa”, declarou.

Antony Blinken iniciou segunda-feira, em Cabo Verde, um périplo por África, que o levou, no mesmo dia, à República Democrática do Congo, tendo chegado hoje à Nigéria depois de uma visita à Costa do Marfim, culminando sexta-feira em Angola.

Lusa - Agência de Notícias de Portugal
Agencia Lusa

É a maior agência noticiosa de língua portuguesa, faz parte da Aliança das Agências de Informação de Língua Portuguesa e tem mais de 280 jornalistas espalhados por todo o mundo. Para além das principais cidades de Portugal, a Lusa tem delegações ou correspondentes permanentes na Bélgica, Espanha, Alemanha, Reino Unido, França, Luxemburgo, Rússia, Estónia, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Índia, São Tomé e Príncipe, África do Sul, Argélia, Timor-Leste, Macau, China, Brasil, Venezuela, Estados Unidos, Canadá e Austrália. Fornece um serviço noticioso a inúmeros jornais, rádios e canais de televisão portugueses, aos meios de comunicação social das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo e a agências noticiosas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Subscrevem também os serviços da Lusa diversas instituições públicas e privadas.

Artigo anteriorCabo Verde: Inovação Na Anemia Falciforme
Próximo artigo24 De Janeiro: Dia Internacional Da Educação
É a maior agência noticiosa de língua portuguesa, faz parte da Aliança das Agências de Informação de Língua Portuguesa e tem mais de 280 jornalistas espalhados por todo o mundo. Para além das principais cidades de Portugal, a Lusa tem delegações ou correspondentes permanentes na Bélgica, Espanha, Alemanha, Reino Unido, França, Luxemburgo, Rússia, Estónia, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Índia, São Tomé e Príncipe, África do Sul, Argélia, Timor-Leste, Macau, China, Brasil, Venezuela, Estados Unidos, Canadá e Austrália. Fornece um serviço noticioso a inúmeros jornais, rádios e canais de televisão portugueses, aos meios de comunicação social das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo e a agências noticiosas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Subscrevem também os serviços da Lusa diversas instituições públicas e privadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!