Tunísia fabrica triciclos e bicicletas elétricas.

A Tunísia surge como um ponto fulcral para o desenvolvimento da mobilidade urbana sustentável, com a start-up Bako Motors a destacar-se ao fabricar localmente triciclos e bicicletas elétricas movidos a energia solar. Esta iniciativa alinha-se com os esforços do governo tunisiano para reduzir significativamente as emissões de gases de efeito estufa, promovendo uma abordagem ecológica e inovadora na indústria de veículos elétricos.

Localizada em Hammam Lif, a Bako Motors, fundada por Boubaker Siala, visa não apenas atender às necessidades internas, mas também exportar os seus produtos para o continente africano. A start-up tem como objetivo inicial implantar estas soluções em diversas províncias, antes de expandir as operações para a Nigéria até o final de 2023.

 

Desenvolvimento Sustentável na Tunísia

Na Tunísia, a start-up germano-tunisina,  Bako Motors,  está a fabricar localmente a sua própria linha de bicicletas e triciclos movidos a energia solar que pretende implantar em todo o continente africano.

A Bako Motors não só está a impulsionar a produção local de veículos elétricos, mas também está a contribuir para as metas ambientais do governo tunisiano. Com um foco claro na energia solar, a start-up não apenas promove a mobilidade verde, mas também se compromete com a redução de emissões de gases de efeito estufa em sintonia com os objetivos do país para 2030.

O objetivo da jovem empresa sediada em Hamman Lif, na Tunísia, é contribuir para o desenvolvimento da mobilidade urbana sustentável, em linha com o desejo do governo tunisiano de reduzir em 46% suas emissões de gases de efeito estufa.

É em Hammam Lif, uma cidade costeira da Tunísia, de 45.000 habitantes localizada nos subúrbios do sul de Túnis, que a start-up Bako Motors escolheu instalar a produção de veículos elétricos.

Fundada pelo empresário Boubaker Siala, a start-up tunisina-alemã pretende fabricar localmente e exportar triciclos e bicicletas elétricas. Estas máquinas movidas a energia solar serão inicialmente implantadas em várias províncias, incluindo Sousse, Kairouan, Tozeur e Sfax. Posteriormente, a start-up planeia lançar uma subsidiária na Nigéria até ao final de 2023.

A Bako Motors está a desenvolver um novo modelo de veículos elétricos que possuem formato de carga e devem atender as necessidades de entrega ao domicílio. Pelo menos 70 veículos desta gama já foram encomendados e vendidos,  ao preço de 12.000 dinares (3700 euros) excluindo impostos.

O motor do carro de três rodas pode percorrer cerca de 17.500 quilómetros por ano (50 /dia) simplesmente aproveitando a energia solar. Custa 1,5 dinar (0,46 euro) em energia por 100 quilómetros, com uma velocidade máxima de 45 km/h. Está equipado com um sistema de posicionamento por satélite (GPS) e tem uma capacidade de carga de 350 kg.

O tempo de carregamento deste veículo é de cerca de 2 horas por tomada doméstica (até 80%), ou 5 a 6 horas por painel solar, segundo Boubaker Siala, fundador e gerente da Bako Motors.

 

Uma Promessa Para o Futuro

A Bako Motors, que emprega 27 técnicos e engenheiros, está comprometida com a promoção da mobilidade verde por meio de energias limpas, principalmente a energia solar. Isso contribuirá para a ambição do governo da Tunísia, de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 46% até 2030.

Além disso, em 2018 o governo tunisino estabeleceu um programa de promoção da mobilidade elétrica que visa reduzir o consumo de energia dos transportes e o seu impacto ambiental através da introdução de veículos elétricos ou híbridos e que visa ter como uma das suas metas 50.000 veículos elétricos na estrada até 2025.

Na Tunísia, as energias renováveis ​​representam, hoje, cerca de 5% da eletricidade nacional de eletricidade.

 

Conclusão

O empenho da Bako Motors na promoção de veículos elétricos movidos a energia solar representa um passo significativo para a mobilidade sustentável na Tunísia.

A produção local e as iniciativas de exportação indicam um potencial impacto positivo não apenas na economia local, mas também na adoção de tecnologias ecológicas em todo o continente africano. Este é um exemplo prático de como as empresas podem desempenhar um papel crucial na concretização dos objetivos ambientais globais.

 

O que pensas da mobilidade eléctrica na Tunísia? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Hidrogénio, o futuro da energia em África

Marrocos produz hidrogénio verde

Imagem: © 2022 Bako Motors

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!