14.2 C
Londres
Domingo, Maio 26, 2024

ONU Alerta: Futuro da Humanidade Está Em Perigo

A ONU enfatiza que as metas estão "em perigo" e destaca a necessidade urgente de um "plano de resgate" para evitar que ninguém seja deixado para trás.

ONU Alerta: Futuro da Humanidade Está Em Perigo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu um alerta preocupante sobre as metas estabelecidas para melhorar o futuro da humanidade. A chamada “Agenda 2030“, adotada em 2015, definiu 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com o objetivo de construir um futuro mais sustentável e melhor para todos até o final desta década.

No entanto, a ONU enfatiza que essas metas estão “em perigo” e destaca a necessidade urgente de um “plano de resgate” para evitar que ninguém seja deixado para trás.

Metas Não Alcançadas

O secretário-geral da ONU, António Guterres, advertiu que, a menos que medidas sejam tomadas imediatamente, a Agenda 2030 pode tornar-se um testemunho do que poderia ter sido, mas não foi alcançado. O relatório de avaliação dos ODS, que será discutido em uma cúpula em Setembro, revela que mais da metade do mundo está a sere deixado para trás em relação às metas estabelecidas.

Dentre as cerca de 140 metas avaliadas, mais de 30% não apresentam qualquer progresso ou até mesmo regrediram desde 2015. Cerca de metade delas mostra um desvio moderado ou severo da trajetória esperada.

A pandemia de COVID-19 teve um impacto significativo em diversas áreas, interrompendo a queda da pobreza extrema e revertendo o progresso alcançado. Estima-se que 575 milhões de pessoas ainda viverão em condições de extrema pobreza em 2030, o que está longe da erradicação esperada.

Desafios em diferentes setores

A fome também ressurgiu como uma preocupação global, com o mundo voltando a níveis não vistos desde 2005. A insegurança alimentar moderada ou grave afeta cerca de um em cada três seres humanos, totalizando 2,3 bilhões de pessoas em 2021. Além disso, mais de um bilhão de indivíduos vivem em áreas urbanas semelhantes a bairros de lata esse número tende a aumentar nos próximos 30 anos.

A educação foi devastada pela pandemia, com apenas um em cada seis países no caminho de atingir a meta de acesso universal ao ensino secundário até 2030. Milhões de crianças foram privadas de acesso à educação devido à falta de medidas adequadas.

A igualdade de género também enfrenta avanços muito lentos, com um fosso que levaria 286 anos para ser superado em termos de proteção legal e eliminação de leis discriminatórias.

Da mesma forma, seriam necessários 300 anos para eliminar o casamento infantil. Os países em desenvolvimento estão especialmente vulneráveis, enterrados sob uma montanha de dívidas e enfrentando dificuldades em alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Plano De Resgate

Diante desse cenário desafiador, a ONU está a pedir a adoção de um “plano de resgate” durante a cúpula em Setembro. Esse plano exige um novo e forte compromisso político, além do apoio à proposta do secretário-geral António Guterres de um plano de recuperação adicional de 500 bilhões de dólares por ano até 2030, destinado a financiar as metas de desenvolvimento sustentável.

Apesar dos desafios apresentados, o relatório também destaca alguns sinais de esperança. A mortalidade infantil diminuiu 12% entre 2015 e 2021, e cerca de 150 países têm previsão de atingir as suas metas nessa área até 2030.

O acesso à internet aumentou consideravelmente, com 5,3 bilhões de pessoas ligadas em 2022. Além disso, o número de mortes relacionadas ao HIV/AIDS diminuiu 52% desde 2010. Houve também progresso no acesso a água potável e saneamento básico, mas ainda há desafios a serem superados.

Conclusão

O alerta emitido pela ONU sobre as metas para melhorar o futuro da humanidade é um chamado urgente à ação. O relatório de avaliação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável destaca a necessidade de um plano de resgate para evitar retrocessos e garantir que ninguém seja deixado para trás.

Enfrentar esses desafios requer compromisso político, recursos financeiros adequados e ações coletivas. É fundamental que governos, organizações e indivíduos se unam para garantir um futuro sustentável e melhor para todos

O que achas desta situação? Pensas que a ONU estará a exagerar? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.
Imagem: © DR 
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com