15.3 C
Londres
Sexta-feira, Junho 21, 2024

CAN 2023: Guiné-Bissau, única vitória lusófona

A vitória da Guiné-Bissau frente à Nigéria, foi uma surpresa total.

CAN 2023: Guiné-Bissau, única vitória lusófona.

A fase de qualificação para o Campeonato Africano das Nações, CAN 2023, estão em curso. O campeonato de futebol vai decorrer na Costa do Marfim, só em 2024, por decisão da Confederação Africana de Futebol que adiou o campeonato devido às condições meteorológicas na Costa do Marfim, onde os riscos de chuvas e inundações são muito elevados nos meses de Junho e de Julho.

As qualificativas, prosseguem nesta semana com os cinco países lusófonos a competir por uma vaga na competição continental. As esperanças recaem principalmente sobre a Guiné-Bissau e Cabo Verde, sendo que apenas os dois primeiros colocados de cada um dos 12 grupos garantem a classificação.

 

Os grupos dos PALOP

Até à quarta jornada, a Guiné-Bissau está em segundo lugar, no grupo A, com 7 pontos, enquanto São Tomé e Príncipe está na última posição com 1 ponto, no mesmo grupo; Cabo Verde está em segundo lugar do grupo B com 7 pontos; Angola está em terceiro, no grupo E, com 5 pontos; Moçambique está em segundo, no grupo L, mas com apenas 4 pontos.

No grupo A, a Guiné-Bissau acumula duas vitórias, uma derrota e um empate. Na primeira jornada bateu São Tomé e Príncipe por 5-1; na segunda empatou com a Serra Leoa a dois golos; na terceira venceu a Nigéria (que lidera o grupo com nove pontos) por 1-0 e na quarta perdeu com a Nigéria por 1-0.

A quinta jornada é a 12 de Junho contra São Tomé e Príncipe, o último classificado do grupo e, na última jornada, a 4 de Setembro, vai enfrentar a Serra Leoa. Por sua vez, São Tomé e Príncipe tem um ponto apenas, depois de três derrotas e um empate.

No grupo B, até à quarta jornada, Cabo Verde está no segundo lugar com 7 pontos, sendo que o Burkina já se qualificou para a fase final com 10 pontos. Os tubarões azuis somam duas vitórias, um empate e uma derrota.

Na primeira jornada, Cabo Verde perdeu com o Burkina Faso por 2-0; na segunda, venceu o Togo por 2-0; na terceira empatou com Eswatini sem golos e na quarta venceu o Eswatini por 1-0. Na quinta jornada, os Tubarões Azuis jogam contra o Burkina Faso já qualificado e na sexta jornada de 4 de Setembro enfrentam o Togo.

No grupo E, até agora, Angola aparece em terceiro, com cinco pontos, atrás do Gana, com oito, e da RCA com sete. No contador, os Palancas Negras têm uma vitória por 2-1 contra a RCA; um empate a uma bola com Madagáscar; uma derrota com o Gana por 1-0 e um empate com o Gana (1-1). A 12 de Junho, Angola enfrenta a RCA e a 4 de Setembro joga com Madagáscar.

No grupo L, Moçambique aparece segundo, mas com apenas 4 pontos. No topo do grupo, o Senegal já se apurou para a fase final com 12 pontos, batendo por duas vezes os Mambas, nomeadamente nesta quarta jornada por 1-0, um resultado menos doloroso que o precedente 5-1.

Moçambique conta, ainda, com um empate a uma bola com o Ruanda na primeira jornada e uma vitória sobre o Benim por 1-0 na segunda jornada. A 12 de Junho, os Mambas enfrentam o Ruanda e a 4 de Setembro o Benim.

 

Seleções lusófonas com chances

Os países lusófonos têm apresentado desempenhos distintos nas eliminatórias. A Guiné-Bissau e Cabo Verde estão em boas posições nos seus grupos e têm chances de se classificar. Angola e Moçambique estão em situações mais difíceis, mas ainda têm oportunidades de avançar.

O CAN 2023 tem atraído a atenção dos adeptos de futebol em África. A seleção angolana, por exemplo, enfrentou o Gana no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda, e apesar do bom desempenho, perdeu por 1-0.

“Eu acredito que a Guiné-Bissau se vai qualificar em função dos adversários que tem porque parece que tem a tarefa mais facilitada”.

“O mesmo se pode dizer em relação a Cabo Verde. São Tomé e Príncipe não tem possibilidades de qualificar, mesmo se ganhar os restantes dois jogos”.

“Entre Angola e Moçambique, é mais provável que Angola se qualifique do que Moçambique”, comentou Sabino Santos, comentador desportivo da Guiné-Bissau.

Por outro lado, António Muachilela, porta-voz da Federação Angolana de Futebol, afirmou:

“Vamo-nos empenhar para poder rivalizar com o Gana. Angola fez um jogo conseguido no Gana, mas quis o destino que perdêssemos exactamente no último segundo da partida”.

“Mas temos uma selecção, temos equipa, temos bons jovens, bem-dispostos. Aliás, há muito tempo que Angola não juntava a qualidade de jogadores que juntou para esta eliminatória”.

“Se empatarmos com o Gana, que está à nossa frente no rating e é a equipa mais titulada do continente a nível dessas competições, não morremos ali, porque ainda teremos pela frente mais 6 pontos”.

Em relação às performances das outras seleções dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa), António Muachilela considerou:

“Entre a Guiné-Bissau, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Angola, neste momento quem está em pior posição é São Tomé e Príncipe”.

“Moçambique também porque perdeu 5 bolas a 1 contra o Senegal, e com esta estrondosa derrota, não sei como se vai portar agora neste jogo de segunda mão”.

“Aliás o Senegal neste momento está a ganhar tudo no continente”.

“Ganhou o último CAN, está nos campeonatos do mundo… O Senegal está muito em cima a nível de futebol em todos os escalões”.

 

Classificados para o CAN 2023

Até o momento, sete países já estão classificados para o CAN 2023: Costa do Marfim (país anfitrião), Marrocos, Senegal, Burkina Fasso, Argélia, Tunísia e África do Sul.

 

Conclusão

A fase de qualificação para o CAN 2023 prossegue, com os países lusófonos a lutar por um lugar na competição continental. Alguns encontram-se em situações mais favoráveis, enquanto outros enfrentam maiores dificuldades. Os jogos continuam e os adeptos aguardam ansiosamente para saber que nações garantirão a sua presença no grande torneio em 2024.

 

O que achas deste CAN 2023 que mais uma vez, vai ser no ano seguinte? Tens acompanhado as eliminatórias? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.
Imagem: © 2023 Daniel Beloumou Olomo
Logo Mais Afrika 544
Mais Afrika

Ultimas Notícias
Noticias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com