15.6 C
Londres
Sexta-feira, Abril 12, 2024

Artista Queniano Tece Arte Com Latas De Metal

Dickens Otieno é um exemplo inspirador de como a arte pode transcender os limites e tocar os corações e as mentes das pessoas em todo o mundo.

Artista Queniano Tece Arte Com Latas De Metal.

Na efervescente cidade de Nairobi, no Quénia, vive um artista talentoso e visionário que está a conquistar o mundo da arte com a sua abordagem única Eco-consciente.

Dickens Otieno é o nome do artista que se está a tornar conhecido, nos meios da arte contemporânea. O seu trabalho fascinante com latas de metal recicladas transcende as fronteiras da criatividade e é sinónimo de transformar o lixo em verdadeiras obras de arte.

 

O Artista Dickens Otieno

Dickens Otieno, é conhecido pela alcunha de “Mabati-Taylor”, palavra que significa “alguém que trabalha com metais” porque é exatamente isso o que ele faz.

É um artista nascido e criado em Nairobi, uma cidade que é uma fusão vibrante de culturas e cores. No entanto, a o seu percurso artístico começou de maneira inusitada, enquanto explorava diferentes meios de expressão. Inicialmente, Dickens começou como pintor, mas a sua sede de experimentar coisas novas e a paixão pela criação levaram-no a explorar novos materiais, incluindo colagens.

Foi então que Dickens Otieno teve uma revelação que mudaria o rumo da sua carreira artística. Ele começou a tecer latas de refrigerante e cerveja, itens comuns encontrados no lixo, em algo diferente, nunca antes visto. Este ato de alquimia artística levou-o a criar peças únicas que desafiam as noções convencionais de arte.

 

Do Lixo à Arte

Imagem © DR (20231007) Artista Queniano Tece Arte Com Latas De MetalA arte de Dickens Otieno reside na sua capacidade de ver beleza onde outros só veem sucata. As latas de alumínio, muitas vezes ignoradas e descartadas, tornam-se os blocos de construção das suas obras-primas. A sua técnica de transformar latas em tapeçarias e esculturas é verdadeiramente notável.

O processo começa com Dickens a recolher latas nas áreas industriais de Nairobi, a cerca de 20 minutos de carro do seu estúdio, em Boro Boro. A escolha cuidadosa das latas, levando em consideração as cores e os tipos, é fundamental para o resultado final.

“Sou um escultor que trabalha com material reciclado como as latas de refrigerante ou de cerveja é por isso que costumo planear o meu trabalho antes de ir buscar os materiais, assim, sei de que cores e tipos, vou precisar”.

As latas são então limpas e cuidadosamente dobradas ao meio, por Dickens, para facilitar o corte. Esta etapa é crucial, para a criação final do artista, uma vez que as latas são frágeis e dobram facilmente.

A verdadeira magia acontece quando Dickens Otieno começa a tecer as tiras de alumínio desfiado com uma malha de arame. Ele une as tiras meticulosamente antes de as começar a tecer, criando texturas e padrões que são uma reminiscência das tapeçarias tradicionais feitas de materiais naturais, como papiro, ráfia ou palha.

 

Influências e Inspirações

As obras de Dickens Otieno são intrinsecamente ligadas às suas experiências de vida e ao ambiente que o rodeia. Ele cresceu na loja de costura da sua mãe, entre Lesos e Kitenges, onde não só aprendeu, inconscientemente a tecer, mas também absorveu influências de cores e padrões que, desde então, influenciaram a sua estética única.

O seu envolvimento com os têxteis, cresceu a partir de um interesse na forma como o padrão, a cor e a iconografia são usados para conferir significado e identidade a objetos funcionais.

A sua infância na cidade de Nairobi, com o seu ambiente urbano em constante mudança e os contrastes entre a natureza e o asfalto, também desempenhou um papel significativo na inspiração das suas obras.

As tapeçarias e esculturas de Otieno frequentemente refletem objetos empilhados nos mercados, o horizonte da cidade e os recantos naturais que se destacam no cenário urbano. Ele tem uma habilidade notável para transformar essas influências em formas ricas de cores que transmitem uma sensação de vitalidade e vida.

 

O Artista para Além da Arte

Imagem © DR (20231007) Artista Queniano Tece Arte Com Latas De MetalPara Dickens Otieno, a sua arte vai além da mera expressão criativa. Ele também explora temas de identidade e comentário social. Um exemplo disso são os uniformes que ele criou para escolas e igrejas, representativos de uma parte importante da identidade das pessoas na sociedade queniana.

No entanto, Dickens, como qualquer artista contemporâneo consciente, também questiona os efeitos restritivos dos uniformes escolares na liberdade de escolha dos jovens porque usar um uniforme treina a mente a restringir-se a uma determinada maneira específica de pensar.

“Quando somos jovens não temos muita liberdade para escolher o que queremos ser e isso também molda a nossa mente a não escolher como viver como adultos”.

Ele acredita que a sua arte pode ensinar as pessoas a ver a beleza no inesperado e a transformar o lixo em algo bonito. Além disso, as suas obras provocam reflexões sobre a identidade e as restrições sociais, convidando o público a considerar questões mais profundas sobre a sua própria existência.

 

O Reconhecimento Global

O talento de Dickens Otieno não passou despercebido no panorama internacional da arte. Ele já fez exposições individuais no Quénia e nos Estados Unidos, incluindo a exposição “Mtaani” na Steve Turner Gallery em Los Angeles, em 2021, e “Mabati Tailor” na Circle Art Gallery em 2020 e também participou em inúmeras exposições coletivas por todo o mundo, exibindo o seu trabalho inovador e inspirador.

Dickens também participou em feiras de arte internacionais de renome, como a Art Dubai e a Untitled Art Fair, solidificando o seu estatuto como um dos artistas mais promissores do actual panorama artístico contemporâneo.

“Eu diria que os meus trabalhos, são como os meus filhos, não tenho coragem de apontar um favorito, gosto de todos, mas às vezes, alguns saem melhor do que os outros”.

 

Conclusão

Dickens Otieno é um artista que transcende as fronteiras da criatividade convencional. A sua capacidade de transformar latas de metal em obras de arte deslumbrantes é uma demonstração da sua visão única e da sua habilidade técnica excecional.

Além disso, as suas obras carregam uma mensagem poderosa sobre a beleza escondida no mundo à nossa volta e da importância da identidade na sociedade.

À medida que o nome de Dickens Otieno continua a ser falado nos círculos da arte global, podemos esperar mais obras surpreendentes que nos desafiam a ver o mundo com olhos renovados e a apreciar a beleza naquilo que muitas vezes é descartado.

Este artista queniano é um exemplo inspirador de como a arte pode transcender os limites e tocar os corações e as mentes das pessoas em todo o mundo.

 

O que achas do trabalho deste artista queniano? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Imagem: © DR
Francisco Lopes-Santos
Francisco Lopes-Santoshttp://xesko.webs.com
Ex-atleta olímpico, tem um Doutoramento em Antropologia da Arte e dois Mestrados um em Treino de Alto Rendimento e outro em Belas Artes. Escritor prolifero, já publicou vários livros de Poesia e de Ficção, além de vários ensaios e artigos científicos.
Latest news
Related news

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!